MV Bill nunca conheceu Tim Maia (1942 – 1998).

Inclusive porque o rapper carioca somente ganhou visibilidade na carreira a partir de 1998, ano em que o conterrâneo cantor carioca de funk e soul saiu de cena.

Mesmo assim, Bill resolveu chamar o Síndico em single intitulado Tim Maia e lançado na sexta-feira, 8 de novembro, como amostra de álbum planejado pelo rapper para 2020.

Tim Maia – a música inédita – é trap composto por MV Bill com o DJ português Tom Enzy.

O single gerou clipe filmado com produção de Fabrício Figueiredo e com estética visual que evoca os anos 1970, década do auge artístico de Tim Maia.

No clipe, o ator Babu Santana volta a encarnar o cantor e compositor de Azul da cor do mar (1970), tal como fez em cinebiografia lançada em 2014. Ciente da importância da obra de Tim Maia na educação musical do Brasil, e na dele próprio, MV Bill tenta sintetizar na letra dessa nova composição a trajetória deste artista tão importante para a incorporação do funk e do soul norte-americanos ao universo pop nacional.