O vice-premiê da Polônia, Jaroslaw Gowin, usou suas redes sociais para pedir que a Netflix exclua de seu catálogo o vídeo especial de Natal do grupo Porta dos Fundos.

“Reed Hastings: exigimos que a Netflix remova o filme blasfemo de sua plataforma”, escreveu ele ao compartilhar o link de um abaixo assinado pedindo a remoção do filme “A Primeira Tentação de Cristo”.

Com mais de um mês de lançamento, o filme segue causando polêmica por mostrar Jesus em uma relação homossexual com satanás, por mostrar que os discípulos são bêbados e sugerir que Maria vivia um triângulo amoro com José e Deus.

Reed Hastings: Żądamy, by Netflix usunął bluźnierczy film ze swojej platformy! – Podpisz: https://t.

co/mAoyYgw2PM— Jarosław Gowin (@Jaroslaw_Gowin) January 5, 2020