No começo do mês um terremoto de magnitude 5,9 atingiu Porto Rico após outros tremores de terra terem destruído vários pontos do país, como o terremoto de 6,4 que atingiu a ilha no dia 7 de janeiro.

Com medo dos tremores que causaram uma morte e deixaram mais de 2 mil desabrigados, os cristãos porto-riquenhos se uniram em círculos de oração, por quem perdeu sua casa e para que novos tremores não acontecessem.

O correspondente da CBS TV chegou a compartilhar no seu Twitter a imagem de um grupo orando enquanto um arco-íris se formava no céu.

Ele disse que as pessoas se recusavam a ser mentalmente derrotadas pela situação.

“Uma fé alimentou a crença de que as coisas serão melhores”, escreveu David Begnaud.

Segundo o The Christian Post, as análises do US Geological Survey são de que nos próximos 30 dias a ilha pode ser atingida por mais terremotos, com a chance de que um deles tenha 6,4 de magnitude.