Carro seria de vereador que o estacionou em vaga proibida no réveillon em Poços de Caldas.

Vídeo que mostra prefeito pedindo para liberar carro apreendido viraliza em Poços Um vídeo que foi parar nas redes sociais mostra o prefeito de Poços de Caldas (MG), Sérgio Azevedo (PSDB), pedindo a liberação de um veículo guinchado no Centro da cidade.

O vídeo foi gravado na madrugada do dia 1º de janeiro.

O áudio é prejudicado pelo som que vem da festa de réveillon.

O prefeito chega e inicia uma conversa com um guarda municipal.

Em determinado momento, ele diz: - "Desce o carro do Maurão".

O guarda então responde: - "Ô Sérgio, não fui eu que fiz, só tô pra pegar o ticket". O prefeito então ala que vai ligar para o Rafael, que é o nome do secretário de Defesa Social e chefe da Guarda Municipal.

O funcionário, que parece ser do guincho, diz que precisa da autorização de quem fez a apreensão para liberar.

O prefeito continua no celular e o vídeo é encerrado.

Maurão é Mauro Ivan, vereador do PSB.

Ele aparece de camisa laranja nas imagens.

Mauro teria parado o carro em uma vaga em frente à garagem da prefeitura, usada pelo prefeito, o que é proibido. Prefeito aparece em vídeo pedindo para Guarda liberar carro de vereador apreendido em Poços de Caldas Reprodução EPTV O diretor da Guarda Municipal, Marcelo Gavião Bastos, confirmou a ocorrência.

Ele disse que o prefeito estava com o carro na garagem e que havia esse veículo impedindo a saída dele.

Ele também disse que o próprio prefeito acionou a Guarda e que como o condutor foi localizado, não havia necessidade de levar o carro guinchado.

Apenas foi aplicada uma multa por parada em local proibido.

O prefeito Sérgio Azevedo gravou um vídeo explicando o que aconteceu.

"Por volta de 1h eu vim buscar meu carro na prefeitura para que eu pudesse ir à Zona Sul para participar de um réveillon que estava tendo lá também.

Porém chegando aqui tinha um veículo bem na porta da prefeitura e nós não podemos sair.

Conseguimos um outro veículo para nos levar até lá e nisso tomou as atitudes cabíveis, que no caso seria a remoção desse veículo, e fui até a Zona Sul e voltei por volta de 2h.

Quando eu cheguei aqui esse veículo estava pronto a ser removido, em cima do guincho, porém com um fato novo: o proprietário estava no local, pronto para retirar esse veículo e veio solicitar a nossa ajuda, independente de quem está precisando, está pedindo, acho que é nossa obrigação procurar ajudar, a ter um bom senso, de chegar na melhor solução possível para os conflitos.

Eu tomei uma decisão não só pelo bom senso, fiz uma sugestão, mas também pela lei, onde o Código de Trânsito Brasileiro no seu artigo 271, lá no parágrafo 9º, ele diz que 'não caberá remoção nos casos em que a irregularidade puder ser sanada no local da infração', que era exatamente o que ia acontecer, o condutor já estava ali e ia retirar o veículo, lógico que isso não isenta ele da irregularidade cometida, porém não havia necessidade da remoção do veículo", disse o prefeito no vídeo. A EPTV, afiliada Rede Globo, tentou contato com o vereador Mauro Ivan, mas as ligações não foram atendidas. Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas