"Um carro prata parou do meu lado, a passageira me mostrou uma seringa cheia de líquido vermelho e disse que se eu não desse minha filha, ela iria me furar", diz mãe nas redes sociais.

Seccional urbana da Cidade Nova em Ananindeua Polícia Civil do Pará Dois casos envolvendo tentativa de sequestro de crianças na região metropolitana de Belém são investigados pela Polícia Civil do Pará.

Uma das mães publicou nas redes sociais dizendo que uma mulher ameaçou contaminá-la com uma seringa, caso não entregasse a filha.

Boletins de ocorrência foram registrados na última sexta (17) no bairro do Marco, em Belém, e nesta segunda (20), na Seccional da Cidade Nova, em Ananindeua, segundo a Polícia.

As investigações não descartam que os casos possam estar relacionados. "Um carro prata parou do meu lado, a passageira me mostrou uma seringa cheia de líquido vermelho e disse que se eu não desse minha filha, ela iria me furar", diz mãe, em publicação nas redes sociais. Ainda segundo o relato, a mãe saiu correndo com a criança no colo.

"Pedi ajuda aos homens que estavam (em uma quadra) jogando futebol e eles foram para a rua, quando o carro deu a volta e os sequestradores fugiram". Em nota, a Polícia Civil informou que os casos estão sendo apurados e que as vítimas prestaram depoimentos.

Imagens de câmeras de segurança devem ser analisadas nas investigações.

Até então, os suspeitos ainda não foram localizados.