Animal estava com uma espécie de "algema de couro" e suspeita é tenha fugido do local onde era mantida em cárcere.

Coruja foi resgatada por guardas ambientais em empresa de Valinhos (SP) Guarda Ambiental de Valinhos Guardas ambientais resgataram uma coruja dentro de um imóvel no bairro Joapiranga, em Valinhos (SP), nesta segunda-feira (20).

De acordo com a corporação, o animal não apresentava ferimentos, mas tinha uma espécie de algema de couro.

Segundo a Guarda, a suspeita é de que a ave tenha sido adquirida irregularmente através de tráfico de animais, mas conseguiu fugiu de onde era mantida. A coruja estava assustada e tentou fugir, mas acabou capturada com o auxílio de uma rede.

Segundo a Guarda Ambiental, como não há informações sobre o tempo que o animal foi mantido em cárcere, ele não foi devolvido à natureza. A ave foi encaminhada para a Associação Mata Ciliar, em Jundiaí (SP), onde será avaliada antes de ser encaminhada ao habitat natural. Veja mais notícias da região no G1 Campinas