Nenhum suspeito foi preso.

Banda diz que prejuízo é incalculável.

Suspeitos invadem sede da Banda do Vai Quem Quer em Porto Velho Divulgação A sede administrativa da Banda do Vai Quem Quer foi invadida por criminosos, neste sábado (25), e teve móveis e patrimônio histórico furtados em Porto Velho. Segundo boletim de ocorrência, a sede localizada no cruzamento da avenida Carlos Gomes e Dom Pedro II foi invadida durante a madrugada.

Na ocasião, os suspeitos pegaram vários materiais e fugiram pela porta da frente. A casa, conhecida por ser moradia do Manoel Mendonça - o "Manelão", tinha vários acervos de fotos, letras das marchinhas, jornais, e camisas da Banda, além de bonecos que também desfilam no carnaval da capital. Em nota divulgada à imprensa, a Banda do Vai Quem Quer afirma que o "prejuízo com o furto de objetos históricos é incalculável".

Nenhum suspeito foi preso até a tarde deste sábado e o caso será investigado pela Polícia Civil.