Cidade confirmou 409 pessoas com a Covid-19 nesta terça (12), maior número desde o início da série histórica.

Secretário da Saúde diz que 'aumento é diferente dos registrados no começo da pandemia'.

A Prefeitura de Ribeirão Preto (SP) registrou mais 39 casos positivos do novo coronavírus e chegou a 409 o número total de pessoas infectadas pela Covid-19, segundo boletim divulgado nesta terça-feira (12).

Esse é o maior aumento em 24 horas desde que os casos começaram a serem confirmados no município, que contabiliza 10 mortes provocadas pela doença.

Durante uma coletiva de imprensa, na tarde desta terá, o prefeito Duarte Nogueira (PSDB) disse que esse salto nos números é "bastante significativo e um ponto fora da curva".

A letalidade da Covid-19 em Ribeirão Preto é de 2,5%, ou seja, 1,43 mortes para cada 100 mil habitantes.

De acordo com o secretário municipal da Saúde, Sandro Scarpelini disse que os dados precisam ser analisados diferentemente dos registros no início da pandemia.

O secretário da pasta explicou que o município está testando todas as pessoas com síndromes gripais, inclusive leves, que procuram atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Pronto Atendimento (UPA) da cidade e essa seria a razão para o aumento repentino nos casos confirmados.

"Na nossa serie histórica, o maior número registrado antes tinha sido 23 casos, no dia 31 de março.

Existe uma diferenca muito grande entre esses números, porque antes a ordem era colher só SRAG [Síndrome Respiratória Aguda Grave], ou seja, casos graves.

Quem estava com sintoma de gripe, era para ficar em casa.

Agora, como estamos testando todos os sintomas gripais, estão surgindo mais casos positivos, porém mais leves", explica.

* Esta matéria está em atualização