São 2.275 pacientes confirmados com a doença e quatro mortes de acordo com o último boletim do Centro Estadual de Vigilância em Saúde.

Região das Missões é a mais afetada.

RS tem mais de 2,2 mil casos de dengue e 4 mortes, segundo Vigilância em Saúde O Rio Grande do Sul tem o maior número de casos de dengue dos últimos cinco anos, segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde.

São 2.275 pessoas com a doença em 2020, enquanto que em todo ano de 2016 foram 2.343 casos no estado.

Veja abaixo o número de casos desde 2010.

Destes, 1.903 são autóctones, ou seja, foram contraídos nas cidades onde as pessoas moram.

Já foram registradas quatro mortes pela doença este ano no RS.

Duas mulheres em Santo Ângelo, de 71 e 74 anos, e dois homens de Santo Cristo, um de 60 e um de 77 anos.

De acordo com o boletim, a Região das Missões é a mais afetada.

A cidade de Santo Cristo tem 257 casos.

Em Santa Rosa, mais de mil focos da larva do mosquito foram eliminados após a confirmação da doença em 145 moradores da cidade.

Em Santo Ângelo, são 196 casos, e em Ijuí, 63.

"O município de Santa Rosa vem enfrentando um surto epidemiológico de dengue em uma região da cidade.

Além do trabalho de rotina foram intensificadas ações de mutirão de limpeza em parceria com a comunidade", destaca a diretora da Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa (Fumssar), Alice Klein.

Nas últimas três semanas, quase mil novos casos de dengue foram registrados no estado.

Casos confirmados 2010: 3.414 2011: 271 2012: 93 2013: 375 2014: 71 2015: 1.153 2016: 2.343 2017: 12 2018: 11 2019: 710 2020: 2.275 Quatro pessoas já morreram pela doença em 2020 no estado Divulgação / SES-RS