Instituições enfrentam dificuldades até para pagar contas mensais.

Algumas estudam suspender atendimentos.

Asilo Padre Cacique está recebendo doações para enfrentar a pandemia Rafaella Fraga/G1 Com a pandemia da Covid-19, instituições sociais de Porto Alegre que dependem de doações estão enfrentando dificuldades para manter as atividades.

No asilo Padre Cacique, que atende 90 idosos, em abril a queda de receita chegou a 80% e resultou na falta de dinheiro para pagar contas de luz e de água.

O estoque de equipamentos de proteção, como luvas e máscaras, também está terminando. "O Asilo Padre Cacique vinha do verão onde historicamente as doações baixam.

A gente, no início de março, estava tentando reverter essa situação quando chegou essa pandemia derrubando as doações tanto em espécie como em mantimentos.

Todos os tipos de doações", afirma a assistente social do asilo, Rogéria Pazini. A queda de doações também atingiu a Associação de Apoio a Pessoas com Câncer (Aapecan).

A instituição oferece hospedagem para famílias de pacientes que estão em tratamento contra o câncer em outras cidades. Com a falta de doações, a Instituição estuda fechar algumas das 14 sedes que tem no estado. "Todas as doações são de extrema importância.

A gente precisa para pagar aluguel, suprimentos, dietas, cestas básicas, entregar alimentos pros usuários", aponta o coordenador da Aapecan Porto Alegre, Wellington Vasques. A dona de casa Vanessa Pinto Maciel e o marido, de Capão da Canoas, no Litoral Norte do estado, se hospedam na associação.

Ele faz tratamento em Porto Alegre. "Faz o tratamento todos os dias, a rádio, e aí a gente vai se mantendo aqui.

Porque fica complicado ir e voltar de Capão.

E a gente tem o apoio deles, como alimentos", diz Vanessa. A Casa do Menino Jesus de Praga, que atende crianças com doenças neurodegenerativas, também está com os estoques de alimentos reduzidos.

Antes da pandemia, 30% do valor usado para manter os atendimentos eram de doações, atualmente o percentual caiu para quase zero. A gestora voluntária, Jaqueline Pesce, diz que os equipamentos de proteção individual (Epi's) tem um alto custo. "As máscaras, luvas de procedimento, álcool gel, alimentos, nós continuamos precisando, por favor, doem", pede Jaqueline. Como ajudar Para ajudar o asilo Padre Cacique com alimentos, produtos de limpeza ou EPI’s basta levar o material até a instituição (Av.

Padre Cacique, 1178).

As doações em dinheiro podem ser feitas em contas divulgadas pelo site. Para ajudar a Aapecan, é preciso entrar em contato pelo site da instituição e escolher a cidade. As doações para a Casa Menino Jesus de Praga também podem ser feitas pelo site.