Ação foi anunciada pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB) durante uma transmissão pelas redes sociais.

Santos anuncia plano para retomada das atividades econômicas Vanessa Rodrigues/Jornal A Tribuna A Prefeitura de Santos, no litoral de São Paulo, detalhou na noite deste domingo (17) o plano para retomada das atividades econômicas no município.

De acordo com o prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), a expectativa é de que o início da implementação do programa aconteça a partir de junho de 2020.

O plano foi antecipado durante uma transmissão ao vivo pelas redes sociais de Paulo Alexandre.

Segundo o prefeito, a reabertura dos diferentes setores do comércio será determinada a partir de critérios técnicos, como a redução do número de casos do novo coronavírus e a diminuição da taxa de ocupação dos leitos de UTI no município. De acordo com o documento apresentado, o plano divide as atividades comerciais, por critérios de aglomeração e essencialidade, em quatro grupos.

O grupo de bandeira branca reúne atividades essenciais à população, como alimentação e farmácias, enquanto o verde contém atividades de baixa aglomeração, como serviços esportivos e de estética. Prefeito, secretário de Governo e presidente da ACS detalharam plano de retomada das atividades econômicas Reprodução Também há atividades com aglomeração moderada sob a bandeira amarela, que reúne lojas de departamento e hotelaria.

O grupo com alta concentração de pessoas, sob a bandeira vermelha, inclui atividades como cinemas, casas noturnas e shoppings, entre outras.

Segundo o plano, cada grupo possui quatro fases de reabertura, permitindo uma flexibilização gradual dos comércios. Além de Barbosa, também participaram da transmissão o secretário de Governo de Santos, Rogério Santos, e o presidente da Associação Comercial de Santos (ACS), Mauro Sammarco.

O secretário aponta que o plano foi construído com base em reuniões com segmentos do comércio e da sociedade civil, como entidades religiosas. Ainda de acordo com o prefeito de Santos, o plano de retomada das atividades econômicas também busca promover a previsibilidade para a flexibilização.

"O comportamento da população vai determinar a reabertura das atividades comerciais".