Fim de semana ensolarado atraiu moradores às praias.

São Vicente e Itanhaém foram as cidades que registraram maior queda nos índices de isolamento social da região.

Em Guarujá, dezenas de banhistas foram flagrados aproveitando dia ensolarado sem o uso de máscaras de proteção. Arquivo pessoal/Renan Delpra Dezenas de banhistas foram flagrados aproveitando o fim de semana ensolarado nas praias de São Vicente e Guarujá, no litoral de São Paulo.

Os índices de isolamento social sofreram queda no sábado (16), na Baixada Santista, se comparado aos dados do sábado anterior.

Os dados foram divulgados pelo Governo do Estado. Banhistas foram flagrados pelo fotógrafo Ronaldo Dantas caminhando na faixa de areia da praia do Itararé, na manhã de domingo.

Segundo ele, os banhistas eram impedidos de passar para Santos, a cidade vizinha.

Os guardas municipais 'barravam' os vicentinos e pediam que eles retornassem. O passeio contraria a orientação de isolamento social da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Governo do Estado, além das medidas impostas pelas prefeituras das cidades da Baixada Santista.

Banhistas e surfistas aproveitaram o domingo (17) ensolarado, apesar das medidas de isolamento social.

Ronaldo Dantas São Vicente foi a cidade com maior queda registrada na Baixada Santista.

No sábado passado (9), o índice apontava que 59% dos vicentinos respeitavam as medidas de isolamento social ficando em casa.

Já no último sábado (16), o número caiu para 51%. Em Itanhaém, foi a segunda cidade com maior baixa.

O índice caiu de 57% para 51% em uma semana.

Praia Grande passou de 51% para 50%.

Em Guarujá, a taxa de isolamento foi de 55% para 51% e, no domingo, banhistas também foram flagrados ignorando as orientações de prevenção em passeio à praia do Guaiúba, por volta de 12h.

Santos e Cubatão são os dois municípios da Baixada que registraram índice de isolamento social de 48% cada.

As cidades Peruíbe, Mongaguá e Bertioga não fazem parte do levantamento de dado do Governo do Estado. Os dados das taxas de isolamento social são obtidos pelo governo através de análise de dados de telefonia móvel para indicar tendências de deslocamento e apontar a eficácia das medidas de isolamento social.

Banhistas curtem dia ensolarado sem preocupação com risco de contaminação por Covid-19. Arquivo pessoal/Renan Delpra Fiscalização A Prefeitura de São Vicente informou ao G1 que a Guarda Municipal atuou fiscalizando e fazendo abordagens com orientações sobre as restrições de permanência na faixa de areia da praia e a necessidade de distanciamento (veja vídeo abaixo). Segundo a administração municipal, as ações são realizadas sempre visando a conscientizar a população sobre a importância de se atender às regras estabelecidas para aumentar o isolamento social neste momento.

Porém, em caso de resistência, o munícipe pode ser conduzido à delegacia e responder pelo artigo 268 do Código Penal. Guarda Civil Municipal retira banhistas da praia por aglomeração em São Vicente Desde o início do período da quarentena, quatro pessoas foram conduzidas ao Distrito Policial e autuadas por não atenderem às regras vigentes. Em São Vicente, é permitida a prática esportiva de surfe nas praias vicentinas, entre 6h e 10h, desde que não haja aglomeração, mantenha-se o uso individual dos equipamentos utilizados e respeito às recomendações de higiene.

No calçadão, é permitida a prática de atividades físicas, desde que observada a necessidade de distanciamento, evitando aglomeração. Já a Prefeitura de Guarujá informou que a Guarda Municipal mantém o patrulhamento em toda a extensão da orla com uso de quadriciclo e com apoio da Polícia Militar e do Grupamento de Bombeiros Marítimos (GBMar).

Ainda segundo a Prefeitura de Guarujá apesar das recomendações, algumas pessoas insistiram em burlar as regras e, aquelas que se encontravam na Praia do Guaiúba, foram orientadas e retiradas do local após a chegada da viatura.