Antes da decisão liminar, profissional de saúde de Wenceslau Braz foi notificado que deveria cumprir isolamento até o dia 24 de maio.

No entanto, segundo o MP, compareceu a uma festa no dia 16 de maio.

A Justiça determinou, liminarmente, que um enfermeiro de Wenceslau Braz, no Norte Pioneiro do Paraná, mantenha o isolamento domiciliar em virtude da possibilidade de estar contaminado com o novo coronavírus.

Se descumprir, pode receber multa de R$ 5 mil. De acordo com o Ministério Público do Paraná (MP-PR), o profissional de saúde teve contato com uma pessoa que está com Covid-19.

Ele foi notificado que deveria cumprir isolamento entre os dias 11 e 24 de maio, até a realização de exames e para evitar a disseminação do vírus, no entanto participou de uma festa no dia 16 de maio.

O MP-PR diz que o enfermeiro participou da festa com outras pessoas, filmou o encontro e publicou os vídeos em redes sociais.

Boletim da Secretaria Estadual de Saúde divulgado na quarta-feira (20) mostra que o município tem sete casos confirmados de Covid-19.

CORONAVÍRUS NO PARANÁ: veja as principais notícias DÚVIDAS: perguntas e respostas sobre o assunto BEM AQUI: RPC tem plataforma onde você encontra os estabelecimentos e serviços que estejam atendendo Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.