Estabelecimentos contestaram restrições de dias e horários decretadas pela prefeitura; município vai recorrer.

Na decisão, o desembargador Leonel Cunha reconheceu o argumento dos postos, que reivindicavam para as conveniências o mesmo horário de atendimento permitido a bares e lanchonetes Reprodução/RPC O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) autorizou o funcionamento de lojas de conveniência de postos de combustíveis de Maringá, no norte do estado, até as 22 horas, durante todos os dias da semana. A decisão, publicada na segunda-feira (25), é válida para três postos que contestaram restrições de dias e horários de funcionamento das lojas, decretadas pela prefeitura neste mês.

CORONAVÍRUS NO PARANÁ: veja as principais notícias DÚVIDAS: perguntas e respostas sobre o assunto BEM AQUI: RPC tem plataforma onde você encontra os estabelecimentos e serviços que estejam atendendo Conforme o decreto municipal publicado no dia 18, com novas medidas contra a propagação do coronavírus, lojas de conveniência de postos só podem funcionar de segunda a sábado.

Maringá tem 134 casos confirmados da Covid-19 e seis mortes, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Entre segunda e sexta, pelo decreto, o horário permitido é das 8h às 20h.

Já aos sábados, a autorização, conforme o decreto, é das 8h às 18h. Na decisão, o desembargador Leonel Cunha reconheceu o argumento dos postos, que reivindicavam para as conveniências o mesmo horário de atendimento permitido a bares e lanchonetes.

Além de permitir a entrada de clientes até as 22h, os postos poderão manter o atendimento interno até as 22h30. A prefeitura de Maringá informou que vai recorrer da decisão. Initial plugin text Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.