Oito unidades de saúde foram contempladas nesta quinta-feira (28) por medida que faz governo federal elevar custeio diário de leitos de unidade de terapia intensiva de R$ 800 para R$ 1,6 mil.

HC da Unicamp é um dos hospitais contemplados Lícia Mangiavacchi/EPTV Oito hospitais da região de Campinas (SP) tiveram 100 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) adulto habilitados pelo Ministério da Saúde, nesta quinta-feira (28), para que tenham custeio diário dobrado pelo governo federal no período de atendimento aos pacientes diagnosticados com o novo coronavírus.

Com isso, o valor repassado sobe de R$ 800 para R$ 1,6 mil.

Veja abaixo tabela. Campinas tem 108 leitos habilitados Como funciona? O pedido de habilitação para o custeio é feito pelos municípios, com anuência do estado.

Eles precisam garantir a estrutura para funcionamento dos leitos, enquanto a União repassa o valor destinado a manutenção dos serviços.

"A garantia do repasse dos recursos é dada por meio de habilitação concedida pela pasta, em caráter excepcional, por um prazo de 90 dias, podendo ser prorrogada enquanto houver emergência em saúde pública", diz nota do ministério. MAPA: casos de coronavírus pelo Brasil Coronavírus: veja perguntas e respostas Em abril, sete hospitais localizados nas cidades de Campinas (SP) e Mogi Guaçu (SP) tiveram 118 leitos de UTI adulto e pediátrico habilitados pelo ministério.

Veja detalhes aqui.

Coronavírus: cuidados no mercado e com os alimentos Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença Foto: Infografia/G1 Initial plugin text Veja mais notícias da região no G1 Campinas.