Ao todo, segundo o boletim da Saúde desta segunda (1º), estado já tem 2.677 pessoas consideradas curadas da doença.

Entre os mortos está uma adolescente de 17 anos.

Com mais 13 mortes e 107 novos casos de Covid-19, Acre tem 6.326 infectados e 161 óbitos Foto: AFP O Acre confirmou mais 107 novos casos de Covid-19, de acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) nesta segunda-feira (1º).

O número de infectados saltou de 6.219 para 6.326.

As mortes também aumentaram, foram 13 novos óbitos.

Com isso, o número de 148 para 161.

Além dos casos confirmados, mais 47 aguardam análise dos exames.

A taxa de contaminação no estado é de 717,3 para cada 100 mil habitantes.

Das 22 cidades apenas o município de Jordão não tem casos da doença.

As 161 mortes foram registradas em 15 cidades.

Sendo 127 em Rio Branco, uma em Acrelândia, duas em Assis Brasil, duas em Brasileia, 11 em Cruzeiro do Sul, três em Plácido de Castro, quatro em Porto Acre, uma em Sena Madureira, uma em Capixaba, três em Tarauacá, duas no Bujari, uma em Senador Guiomard, uma em Xapuri, uma em Rodrigues Alves e uma em Feijó. A partir desta segunda postos de saúde atendem pacientes com sintomas de Covid-19 Mortes As 13 mortes divulgadas nesta segunda 11 são de moradores de Rio Branco e dois de Cruzeiro do Sul.

Rio Branco A primeira vítima foi uma mulher, de 76 anos, que deu entrada no dia 28 no Into e veio faleceu no domingo (31).

Moradora de Rio Branco e não possuía comorbidades. A segunda foi uma idosa, de 67 anos, que morreu em sua casa, em Rio Branco no dia 17 de maio.

Não tinha comorbidades. A terceira vítima foi uma jovem, de 17 anos, que morreu em sua residência no dia 20 de maio.

Ela tinha comorbidade. A quarta vítima foi outra mulher, de 48 anos, moradora da capital.

Ela morreu em casa, no dia 23 de maio.

Não tinha comorbidades. A quinta vítima é outra idosa, de 82 anos, que morava em Rio Branco e morreu no dia 21 de maio também em casa.

Ela não tinha registro de comorbidades. O sexto óbito foi um homem, de 66 anos.

Ele foi internado no dia 28 de maio no Pronto-Socorro e morreu nesse domingo (31).

Não tinha registro de comorbidades no atestado de óbito. Um homem, de 34 anos, foi a sétima vítima da doença.

Ele deu entrada no dia 19 de maio no PS da capital e morreu nesse domingo (31).

Tinha registro de comorbidades. Um idoso, de 82 anos, foi a oitava vítima.

Ele morreu no dia 19 de maio em casa e tinha registro de comorbidades. A nona vítima foi um homem, de 46 anos.

Ele faleceu no dia 23 de maio em também em casa e não tinha comorbidades. Um homem, de 35 anos, foi a décima vítima da Covid-19.

Ele faleceu no dia 23 de maio em casa e não tinha comorbidades. Um homem, de 57 anos, que faleceu no dia 24 em casa, foi a décima primeira vítima.

Ele não tinha comorbidades. Cruzeiro do Sul Uma mulher, de 78 anos, foi a décima segunda vítima da Covid-19.

Ela deu entrada no dia 28 de maio e faleceu no dia 29 no Hospital Regional do Juruá.

Ela tinha comorbidades. A décima terceira vítima da Covid-19 foi um idoso, de 61 anos, que deu entrada no dia 14 de maio, no Hospital Regional do Juruá e morre nesse domingo (31).

Ele não possuía registro de comorbidades. Números A maioria das mortes ocorre no sexo masculino.

Das 161 mortes, 97 são de homens e 63 de mulheres.

Além disso, das vítimas, 70% apresentavam algum tipo de comorbidade, segundo a Saúde.

Até esta segunda, o Acre já fez 13.739 exames, sendo que 7.368 foram descartados, 6.326 confirmados e mais 47 seguem em análise.

Consta ainda no boletim que 2.677 pessoas são consideradas curadas da doença. A ocupação de leitos de UTI em todo o estado é de 78,2%.

Na região Baixo Acre, 91,7% dos leitos de UTI estão ocupados.

No Vale do Juruá 30% dos leitos de UTI estão sendo usados por pacientes.

Já no Baixo Acre, 33,3% dos leitos clínicos estão sendo usados, mas estes não são de UTIs. Casos de Covid-19 por cidades