Comparação é com o mesmo período de 2019.

Os emplacamentos de veículos novos caíram 74,7% em maio quando comparados ao mesmo período de 2019, segundo a associação das concessionárias, a Fenabrave.

Mesmo com uma queda menor do que no mês passado, os resultados divulgados nesta terça-feira (2) ainda mostram o impacto da pandemia do coronavírus no setor. Foram emplacadas 62.197 unidades de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus, contra 245.440 de maio do ano passado.

Na comparação com o último mês de abril, os números foram positivos e cresceram 12%.

Em abril, foram 55.725 exemplares emplacados. A maior queda (comparando os meses de maio) ficou para os automóveis, que viram suas vendas despencarem 77,8% durante as medidas de distanciamento social impostas para contenção do avanço da Covid-19 no país.

A quantidade de emplacamentos caiu de 198.756 para 44.139.

Já a menor foi a dos caminhões, com emplacamentos 48,5% menores, de 9.197 para 4.736. Esta matéria está em atualização.