Procuradas por crimes de furto e formação de quadrilha, mulheres foram capturadas na Rodovia Régis Bittencourt.

Além das três mulheres um condutor também estava no carro em Registro, SP Divulgação/ Polícia Rodoviária Federal A Polícia Rodoviária Federal capturou três foragidas da justiça em Registro, no Vale do Ribeira, interior de São Paulo, na manhã desta terça-feira (2).

As mulheres estavam no mesmo carro, e eram procuradas por furto e formação de quadrilha.

Segundo informações da PRF, a captura aconteceu por volta das 9h30, no km 439 da Rodovia Régis Bittencourt.

A polícia abordou um automóvel conduzido por um vendedor de roupas de 45 anos e outras três mulheres, de 18, 25 e 28 anos, todas sem ocupação, e durante consulta foi descoberto que as passageiras eram foragidas. Segundo a polícia, durante consulta aos sistemas da PRF, foi descoberto que as três passageiras tinham mandados de prisão emitidos pela Justiça Estadual de Santa Catarina.

Os mandados eram por furto e formação de quadrilha, emitidos ainda este ano.

A mulher mais velha estava com a tornozeleira eletrônica, por conta do envolvimento em crime de tráfico de drogas.

Ainda segundo a corporação, nas partes íntimas de uma delas, foi encontrado um dispositivo para remoção de sensores usados para coibir furtos em lojas de departamento.

Questionadas após o dispositivo para remoção de sensores ser encontrado, elas disseram que iriam à capital paulista para visitar grandes lojas de varejo onde fariam compras. De acordo com a PRF, após o registro da captura, o trio foi encaminhado ao sistema carcerário da região.

A Justiça Estadual de Santa Catarina será notificada a respeito da captura. Tornozeleira eletrônica e dispositivo para tirar lacres foram encontrados junto com mulheres Divulgação/ Polícia Rodoviária Federal