Homens, um de 19 e outro de 20 anos, são suspeitos pelo crime ocorrido há quase um mês na cidade de Itapira (MG).

Polícia Civil de Pouso Alegre prende suspeitos de crime cometido no interior de SP Dois suspeitos de cometerem um latrocínio na cidade de Itapira (SP) foram presos em Pouso Alegre (MG) nesta quarta-feira (3).

Os homens, um de 19 e outro de 20 anos, são deficientes auditivos e foram detidos após investigação da Polícia Civil.

O crime, segundo a Polícia Civil, havia sido cometido há quase um mês na cidade localizada no interior de São Paulo.

De acordo com o delegado regional da Polícia Civil Renato Gavião, a prisão só foi possível após a apreensão de um carro que havia sido furtado.

Segundo o delegado, durante a verificação, foi constatado que o dono do carro, que localizado no bairro Santa Edwiges, em Pouso Alegre, havia sido vítima de latrocínio no município paulista.

“Foi verificado que este carro foi produto de roubo e o proprietário deste veículo foi vítima de um latrocínio em Itapira, no Estado de São Paulo.

A vítima tinha 67 anos e foi brutalmente assassinada por esses dois indivíduos com quatro golpes de faca”, destacou o delegado. Delegado regional da Polícia Civil de Pouso Alegre Renato Gavião falou sobre a prisão dos suspeitos Reprodução/EPTV Renato Gavião destacou, ainda, que antes da prisão, foi feita troca de informações entre a Polícia Civil do Estado de São Paulo e a de Pouso Alegre.

Desta forma, foi possível identificar e realizar a prisão dos suspeitos.

Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas