De acordo com a Escola de Sargentos das Armas (ESA), os sete alunos que testaram positivo cumprem quarentena dentro da própria instituição.

A Escola de Sargentos das Armas (ESA) de Três Corações (MG) tem sete estudantes contaminados por Covid-19.

De acordo com o setor de comunicação da instituição, os alunos cumprem isolamento dentro do Posto Médico da ESA, onde cumprem quarentena.

Ainda segundo a escola, a triagem que detectou o vírus nos estudantes foi feito no dia 19 de maio.

Ao G1, a ESA revelou que os estudantes infectados pelo novo coronavírus são assintomáticos e destacou a testagem foi feita em todo efetivo da escola, que conta com 558 alunos.

“Desta forma, 1,25% do total foi diagnosticado com a Covid-19”, disse em nota enviada à reportagem. Triagem e isolamento A ESA informou que o retorno do licenciamento dos alunos ocorreu no dia 19 de maio, data em que foi realizada uma triagem sanitária para verificar a incidência de algum caso de aluno infectado pela Covid-19 e evitar uma eventual disseminação da doença dentro da escola e no município de Três Corações.

Além dos sete contaminações, a ESA explicou que também tomou medidas com os demais estudantes que testaram negativo.

Segundo a escola, eles permaneceram em quarentena nas instalações destinadas ao Corpo de Alunos, onde permaneceram isolados em área específica balizada e identificada até terça-feira (2).

Aulas permanecem em regime de internato Questionada pelo G1 sobre as aulas presenciais, a Escola de Sargentos das Armas informou que o curso funciona em regime de internato e detalhou medidas de prevenção adotadas pela instituição.

“Como acontece com as outras escolas militares de mesmo regime, as atividades não foram suspensas.

As medidas de proteção e controle foram reforçadas para preservar a saúde de todos, entre as quais se destacam: utilização de máscaras, material descartável para refeição, questionário médico diário, medição de temperatura e cuidados diversos para se evitar qualquer tipo de aglomeração”, escreveu em nota oficial enviada ao G1. Prefeitura e Estado O G1 entrou em contato com a Prefeitura de Três Corações e com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) para obter posicionamento sobre haver ou não restrição para a retomada de aulas no sistema de internato. De acordo com a administração municipal, o município não intervém nas decisões da ESA, pois a escola segue determinações federais. Até esta publicação, a SES ainda não haviam se posicionado a respeito.

Coronavírus em Três Corações De acordo com a Prefeitura de Três Corações, a cidade possui 90 contaminações pelo novo coronavírus, sendo que quatro evoluíram para óbito.

Destas infecções, ainda segundo a prefeitura, 76 são de pacientes da cidade e 14 de outras localidades.

Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas