Entre as determinações está a manutenção da suspensão do funcionamento de clubes, piscinas e associações recreativas, casas noturnas, bares e lanchonetes.

A prefeitura de Toledo, no oeste do Paraná, publicou um decreto com novas medidas de combate ao coronavírus.

Entre as determinações está a manutenção da suspensão do funcionamento de clubes, piscinas e associações recreativas, casas noturnas, bares e lanchonetes.

Veja todas as medidas anunciadas pela administração municipal.

Manutenção da suspensão do funcionamento de: Clubes, piscinas e associações recreativas e afins; Casas noturnas, bares, lanchonetes, pubs, lounges, tabacarias, boates e similares; Escolas de natação, hidroginástica e demais atividades aquáticas; Teatros, cinemas, Centros de Revitalização da Terceira Idade (CERTIs), Centros Culturais, Centros da Juventude, Centros de Eventos e similares; Casas de eventos, salões, clubes, piscinas, associações recreativas e afins, festas de qualquer natureza (gastronômicas, casamentos, baladas, formaturas, aniversários e demais confraternizações), seja em espaços públicos ou privados; Feiras livres em geral, ressalvado o disposto na alínea “e” do inciso seguinte; jogos e competições esportivas de qualquer natureza; Cursos presenciais; Atendimento nas bibliotecas públicas municipais e no Aquário Municipal “Dr.

Romolo Martinelli”; Atendimento nos restaurantes populares; “agenda aberta”, no Paço Municipal “Alcides Donin”; Reuniões da Estratégia Saúde da Família (ESF) e treinamentos não emergenciais nas unidades de saúde; Atividades religiosas coletivas; Demais atividades em espaços, parques, praças, quadras e campos esportivos, playgrounds e áreas de uso comum.

Autorização para funcionamento dos seguintes estabelecimentos e/ou atividades: De segunda-feira a sábado, entre as 8h e as 21h: Hipermercados, atacarejos, supermercados, mercados, mercearias, açougues, peixarias, quitandas e centros de abastecimento de alimentos; Lojas de conveniência, inclusive as situadas em postos de combustíveis, sendo vedada a comercialização de alimentos e bebidas para consumo no local e nos arredores. Somente de segunda a sexta-feira, entre as 9h30min e as 17h30min: Prestadores de serviços, autônomos e estabelecimentos de comércio varejista em geral, ressalvados aqueles para os quais haja norma própria neste Decreto e desde que as respectivas atividades não se incluam entre as suspensas pelo inciso anterior; De segunda a sexta-feira, entre as 10h e as 20h: Shoppings centers, ressalvados os restaurantes; De segunda-feira a sábado, entre as 6h e as 20h, e aos domingos, entre as 6h e as 12h: panificadoras e confeitarias, sendo vedado o consumo no local; Esta reportagem está em atualização.