Segundo a Defesa Civil, foram registrados prejuízos em Chapecó, Xanxerê, São Domingos, Mondaí, Caibi e Palmitos.

A forte chuva que atinge o Oeste catarinense nesta terça-feira (30) deixou uma pessoa morta, vias alagadas, destelhamentos e um rastro de destruição.

Em Chapecó, uma idosa de 78 anos morreu após ser atingida por uma árvore derrubada pela força do vento.

O caso ocorreu próxima do aeroporto, no bairro Quedas do Palmital.

A equipe do Corpo de Bombeiros prestou atendimento, mas a vítima não resistiu e morreu no local.

Ainda não há mais detalhes sobre a identificação.

Segundo a Defesa Civil do município, foram registradas até as 12h45 mais de 86 ocorrências em atendimento.

O mau tempo também causa transtornos em cidades da região.

Em Xanxerê, o vento por volta das 10h chegou a 81,4 km/h, segundo Marcelo Martins, que é o meteorologista da Epagri/Ciram, órgão que monitora as condições climáticas no estado.

Nos bairros Pinheiro e Veneza foram registrados destelhamentos e lonas foram distribuídas aos moradores. São Domingos, Mondaí, Caibi e Palmitos também tiveram casos de destelhamentos.

Em São José do Cedro, os prejuízos foram no sistema de abastecimento de água na Linha 21 de Novembro, sendo que três das quatro caixas d´água do local foram danificadas. Em Ponte Serrada e Concórdia, o temporal causou problemas com o fornecimento de energia elétrica em função do temporal. Veja mais notícias do estado no G1 SC