Site de viagens considerou a capital como 8º destino mais procurado no país.

Confira dicas de locais para visitar no 'quadradinho'.

Ponte JK, em Brasília, em imagem aérea TV Globo/Reprodução Brasília foi considerada a 8ª cidade mais procurada pelos viajantes para passar as férias de verão.

O levantamento, feito pelo site mundial de viagens Expedia Group, mostra que seis dos 10 destinos não ficam no litoral.

Veja ranking de cidades mais procuradas: Rio de Janeiro (RJ) Salvador (BA) Fortaleza (CE) Florianópolis (SC) São Paulo (SP) Curitiba (PR) Foz do Iguaçu (PR) Brasília (DF) Gramado (RS) Belo Horizonte (MG) Ainda em outro levantamento recente, feito pelo Google, a capital do país ocupa o 4º lugar no ranking das cidades mais procuradas entre os brasileiros.

A pesquisa considerou as reservas de hotéis feitas, ainda em 2019, para visitar o DF em 2020.

De acordo com os dados globais, a capital federal ficou atrás apenas de Londres (1º), Rio de Janeiro (2º) e São Paulo (3º).

Brasília na rota Veja quatro opções de passeios gratuitos em Brasília Segundo a secretária de Turismo do Distrito Federal (DF), Vanessa Mendonça, a tendência é que a capital ganhe cada vez mais força na rota turística nacional. "Essa colocação mostra que o turista está mais aberto para conhecer outras belezas e histórias do nosso país, além das praias." Mas não é à toa que o quadradinho vem ganhando destaque no turismo nacional.

Além de sediar os principais órgãos do Poder e atrair interessados no turismo cívico, o DF também é um destino escolhido para quem curte arquitetura, natureza, cultura e história.

E para quem está pensando em conhecer a região, o G1 preparou uma lista com opções de lugares para todos os gostos.

Veja abaixo: Programação ao ar livre Parque da Cidade O maior parque urbano do mundo, fundado em 1978, o Parque da Cidade Sarah Kubitschek oferece pistas de caminhada, para bicicleta, patins e skate; além de pontos de musculação, banheiros, duchas e bebedouros.

Parque da Cidade em Brasília Renato Araújo/GDF/Divulgação Também há quadras de vôlei de praia, de futebol (grama e areia) e poliesportivas, de futevôlei e frescobol.

O parque também abriga 49 churrasqueiras que não precisam de reserva, basta chegar e escolher. Funcionamento: Segunda à domingo, das 5h à 0h Onde fica: Asa Sul, próximo ao Setor de Rádio e TV Sul, ao lado do Eixo Monumental Além disso, dentro do parque também é possível encontrar o Nicolândia, um parque de diversões que conta com brinquedos para crianças de todas as idades.

Os ingressos individuais custam R$ 50 (segunda a sexta) e R$ 70 (sábado, domingo ou feriados).

Funcionamento: terça a sexta, das 14h às 21h, e sábado e domingo, das 11h às 21h.

Onde fica: dentro do Parque da Cidade Sarah Kubitschek Ermida Dom Bosco Ermida Dom Bosco, em Brasília Joelson Maia/TV Globo Considerado como um dos locais mais lindos para ver o pôr-do-sol, a Ermida é um local que oferece espaço para várias atividades ao ar livre, desde andar de bike, fazer trilha, nadar no Lago Paranoá, visitar a capela ou só fazer um piquenique e contemplar a vista.

A Ermida foi projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, e integra o Parque Ecológico Dom Bosco, que fica situado à margem do Lago Paranoá, no Lago Sul. Funcionamento: diariamente, das 7h às 19h. Onde fica: Estrada Parque Dom Bosco, QI 29, Lago Sul.

Pontão do Lago Sul O complexo que fica na orla do Lago Sul traz desde atividades ao ar livre até programação cultural e uma grande variedade de gastronomia.

Réveillon no Pontão do Lago Sul Bento Viana Funcionamento: domingo a quarta, das 7 à 0h; quinta a sábado, das 7h às 1h. Onde fica: Setor de Habitações Individuais, Lago Sul.

Lago Paranoá Orla do Lago Paranoá, em Brasília Toninho Tavares/GDF/Divulgação Mesmo Brasília não tendo um mar para chamar de seu, a capital conta com o Lago Paranoá, que traz uma variedade de atividades para fazer na Orla do Lago ou, até mesmo, somente aproveitar a paisagem às margens do local. Jardim Botânico Fundado em 1985, o parque é considerado o primeiro jardim botânico do Brasil com flora e fauna predominante do cerrado.

A meia-entrada custa R$ 5.

Crianças com até 12 anos, idosos a partir de 60 anos e pessoas com deficiência não pagam. Funcionamento: terça a domingo, das 9h às 17. Onde fica: Área Especial, Setor de Mansões Dom Bosco Zoológico O Zoológico de Brasília é uma instituição socioambiental que desenvolve ações de educação ambiental, conservação e preservação da fauna brasileira.

O local abriga animais de espécies como aves, répteis e mamíferos, além de contar com um borboletário.

Jardim Zoológico de Brasília Lúcio Bernardo Jr / Agência Brasília A meia-entrada para visitação custa R$ 5.

De terça à quinta (exceto em feriados), crianças a partir de 6 anos e adultos pagam meia.

De sexta a domingo, a meia-entrada vale apenas para crianças de 6 a 12 anos, estudantes, professores e idosos a partir de 60 anos. Funcionamento: Terça à domingo, das 8h30 às 17h Onde fica: Avenida das Nações – L4 Sul Arquitetura e arte Praça dos Três Poderes Monumento Pombal na Praça dos Três Poderes, na Esplanada dos Ministérios TV Globo/Reprodução O local é um complexo que abriga as sedes dos três poderes do Estado, o Palácio do Planalto, o Supremo Tribunal Federal e o Congresso Nacional.

Os edifícios são obras de Oscar Niemeyer e Lúcio Costa.

Os três edifícios oferecem visitação gratuita e guiada.

Para participar, é preciso fazer agendamento antes no site de cada um.

Onde fica: Final da Esplanada, atrás do Congresso Nacional.

Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida Também conhecida como Catedral de Brasília, o local foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer e foi o primeiro monumento a ser criado na capital.

O espaço é considerado uma obra de arte tanto por dentro quanto por fora. Funcionamento: diariamente, das 8h às 17h; as terças e sextas o local funciona das 10h30 às 17h, por conta da limpeza no local no período da manhã. Onde fica: Esplanada dos Ministérios, lote 12. Templo da Boa Vontade Vista do Templo da Boa Vontade, um dos pontos turísticos mais visitados de Brasília José Gonçalo/LBV Considerado como uma das Sete Maravilhas de Brasília, o local é considerado um ícone místico e espiritual na capital.

Além disso, o templo chama atenção pela pirâmide de sete faces que abriga um cristal puro de 21 quilos.

A visitação é gratuita e o local fica aberto 24 horas.

Funcionamento: aberto 24h Onde fica: SGAS 915, lotes 75/76.

Catetinho O Catetinho foi a primeira residência oficial do ex-presidente Juscelino Kubitschek durante a construção de Brasília.

Hoje, o prédio, que foi projetado Projeto de Oscar Niemeyer e construído em 1956, é um museu.

A entrada é gratuita. Museu do Catetinho, em Brasília, foi primeira residência oficial do presidente JK Divulgação Funcionamento: Segunda à domingo, das 9h às 17h. Onde fica: BR-040, KM 0. Torre de TV e feira de artesanato da Torre Torre de transmissão televisiva inaugurada em 1967, com 244 metros de altura, a Torre de TV de Brasília conta com um mirante e um mezanino projetados para visitação.

Os dois espaços estão fechados para manutenção.

Ao lado da torre está a Feira de Artesanatos que reúne artistas e artesões de diversas regiões do país, onde é possível encontrar de móveis a roupas.

Torre de TV, na área central de Brasília Andre Borges/Agência Brasília Funcionamento: quinta a domingo, das 8 ás 18h. Onde fica: Esplanada da Torre Zona Cívico, Administrativa – Eixo Monumental.

Museu Nacional O Museu Nacional da República, desenhado por Oscar Niemeyer, foi inaugurado em 2006 e abriga exposições, palestras, mostras de filmes, seminários e outros eventos culturais. Museu Nacional, em Brasília Pedro Ventura/Agência Brasília Funcionamento: Terça à domingo, das 9h ás 18h30 Onde fica: Setor Cultural Sul, perto da Rodoviária do Plano Piloto Veja mais notícias sobre a região no G1 DF.