Município de Santo Hipólito está ilhado depois que o nível do Rio das Velhas subiu mais de nove metros; 21 pacientes seriam transportados para Belo Horizonte, Sete Lagos e Curvelo nesta quarta-feira (29).

Cidade está ilhada porque o nível do Rio das Velhas subiu mais de nove metros César Rocha/ Arquivo pessoal Vinte e um moradores de Santo Hipólito que estavam com procedimentos médicos agendados em outras cidades não conseguiram viajar, nesta quarta-feira (29).

A cidade está ilhada porque o Rio das Velhas subiu mais de nove metros.

Alguns esperaram há mais de um ano por consultas com especialistas, exames de alto custo e cirurgias eletivas.

Eles seriam levados para Belo Horizonte, Sete Lagoas e Curvelo.

Rio das Velhas sobe mais de 9 metros e deixa moradores de Santo Hipólito ilhados É o caso de Adriana da Silva, de 44 anos, que ficou mais dois anos esperando para conseguir uma vaga para fazer um exame de colonoscopia.

O procedimento estava marcado para as 13h30 desta quarta-feira (29) em um hospital de Sete de Lagoas. “A previsão era de sair daqui as 10h30.

Agora é esperar que Deus prepare a chance de fazer o exame novamente.

Se Deus quiser vai ser logo”.

Ela conta que sente uma dor no lado esquerdo da barriga e a médica pediu o exame porque já teve um caso de câncer no intestino na família.

“Sou muito ansiosa e fico preocupada.

Queria fazer o exame logo para saber se estou bem, mas Deus sabe de todas as coisas e temos que agradecer porque não perdemos nenhuma vida por conta da chuva”.

Os medicamentos usados para fazer o preparo do exame custaram R$ 93 e a conta ficou pendurada em uma notinha da farmácia.

“Trabalho catando latinhas e faço alguns bicos, então para mim foi um gasto muito grande que ainda nem paguei”. Em entrevista ao G1, a secretaria de saúde Michelly Pereira dos Santos Barcelos informou que seis pacientes precisam ser transportados três vezes na semana para fazer hemodiálise em Curvelo.

Eles já foram deixados na cidade na tarde de terça por precaução. “Quando ficamos sabendo que o nível do rio iria subir já providenciamos para eles ficarem em Curvelo.

Quatro pacientes estão na casa de parentes e dois estão em uma pousada paga pela prefeitura”. Cidade ilhada MG-220 liga Santo Hipólito a Corinto e está interditada César Rocha/ Arquivo pessoal O nível do Rio das Velhas subiu 9.96 metros e pode se elevar a mais de 10 metros até as 14h desta quarta-feira (29), segundo o último boletim divulgado pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM). A cidade tem pouco mais de três mil habitantes e está ilhada porque a água invadiu a MG-220, que liga Santo Hipólito a Corinto. Segundo o prefeito Gilson Aranha (MDB), um caminho alternativo para sair da cidade seria passando pelo Distrito da Glória, mas a estrada está intransitável e uma ponte sobre o Rio das Velhas está alagada.

O município decretou estado de emergência.

“A população está ilhada e estamos muito preocupados.

Se alguma pessoa passar mal e precisar de atendimento em outras cidades não temos como transportá-la”. As famílias começaram a ser retiradas das áreas de alagamento na tarde de terça, e estão sendo levadas para uma escola municipal.

O número de desalojados não foi informado e não há feridos.

Veja mais notícias da região no G1 Grande Minas.