Sete homens, com idades entre 19 e 60 anos, foram detidos.

Segundo a PM, produtos foram furtados de obra no Bairro Carmelo.

Materias recuperados pela PM Polícia Militar / Divulgação Sete homens, com idades entre 19 e 60 anos, foram detidos suspeitos de furto e receptação de materiais que pertenciam a uma construção em Montes Claros (MG) nesta quarta-feira (29).

Segundo a Polícia Militar, três envolvidos no furto confessaram que usaram as redes sociais para vender parte dos produtos.

Inicialmente, a PM apreendeu oito tubos de selante adesivo, usado na construção civil, com três suspeitos do furto, no Bairro Independência.

Ao serem questionados, eles informaram que haviam furtado uma obra no Bairro Carmelo nesta segunda (27).

O proprietário foi encontrado e disse aos policiais quais os produtos haviam sido levados. Segundo a PM, por meio das informações dos homens que confessam o furto, foi possível localizar os outros suspeitos. Um deles disse aos policiais que tinha comercializado as ferramentas furtadas em uma rede social.

Os militares foram até os suspeitos de receptação e encontraram uma serra e uma plainadora, vendidas a R$ 130 cada.

Dois homens foram detidos.

Ele também disse que um homem havia pegado uma bateria e tinha pedido para que a comercializasse em sua rede social.

Como nenhum comprador surgiu, ele a pegou de volta.

O suspeito foi encontrado e detido.

Ele disse à PM que havia vendido a bateria em um ferro-velho, informação negada pelo dono do estabelecimento.

Outro homem que confessou ter cometido o furto ainda contou que havia vendido 96 parafusos para o proprietário de uma loja de materiais de construção.

A PM esteve no local e realizou a apreensão dos produtos.

O dono foi detido.

Os sete detidos foram encaminhados para a delegacia junto com o material apreendido.

Veja mais notícias da região em G1 Grande Minas.