Pablo Scariot, de 27 anos, estava com as mãos amarradas e amordaçado.

Ele havia ido na cidade para vender uma caminhonete.

Polícia trabalha com a hipótese de latrocínio.

Pablo Scariot, de 27 anos, foi encontrado morto Reprodução/Facebook Um homem de 27 anos foi encontrado morto na noite de terça-feira (4), às margens da BR-153, conhecida como Rodovia Transbrasiliana, em Passo Fundo, Região Norte do Rio Grande do Sul.

A vítima, identificada como Pablo Scariot, estava com as mãos amarradas, amordaçado e tinha marca de tiro na cabeça.

O homem trabalhava como chapeador e vendia carros.

Segundo o delegado Diogo Ferreira, ele viajou cerca de 70km de Ibiaçá até Passo Fundo para vender uma caminhonete.

Por enquanto, a polícia não tem detalhes de como aconteceu a negociação, se foi pelas redes sociais ou por sites de venda de produtos.

"Não foi encontrada nem a caminhonete, nem a motocicleta que estava na caçamba.

A linha principal de investigação é o latrocínio, mas não descartamos o homicídio pela forma que foi executado o crime.

Estamos verificando câmeras de segurança aqui na cidade", afirma o delegado. Familiares de Pablo disseram que ele costumava fazer esse tipo de negócio pela internet com frequência, mas, dessa vez, ele não voltou para casa.

Pablo não tinha passagens pela polícia.

Ele era filho único.

O enterro vai acontecer às 17h em Ibiaçá. O delegado informou que quem tiver informações sobre o caso pode entrar em contato com a Polícia Civil pelo WhatsApp (54) 99677-2244. Polícia ainda não encontrou caminhonete e moto que estavam com a vítima.

Essa foto foi tirada antes do crime Divulgação/Polícia Civil