Confusão aconteceu durante bebedeira entre o casal com outros dois homens.

Suspeito do esfaqueamento confessou o crime.

Uma mulher de 22 anos foi esfaqueada quando tentava defender o marido durante uma briga, na noite da última terça-feira (4), em Guajará-Mirim (RO), na fronteira com a Bolívia.

Segundo boletim de ocorrência, a mulher estava em casa com o marido, no bairro Jardim das Esmeraldas, e ambos ingeriam bebida alcoólica com mais dois homens.

Segundo a esposa, houve um desentendimento dentro da casa e o suspeito, de 42 anos, tentou esfaquear seu marido, momento que ela o empurrou e a facada acabou atingindo seu braço.

Em seguida, o suspeito correu e se escondeu na casa de um sobrinho. A polícia foi chamada e, aos agentes, o suspeito disse que após a bebida ter acabado, todos da casa queriam que o moradores fosse comprar mais, sendo o motivo da discussão que resultou no esfaqueamento.

A mulher esfaqueada e o marido foram levados ao Hospital Regional Perpétuo Socorro para cuidados médicos e, em seguida, à Delegacia de Polícia Civil.

O suspeito também foi conduzido à delegacia.