Segundo a Polícia Militar, Lucinéia Nunes Eugênio Barbosa foi baleada, chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

Autor se entregou e disse que estava de "cabeça quente".

Uma mulher de 44 anos foi morta a tiro na noite deste domingo (9) em Peçanha (MG).

Segundo a Polícia Militar, Lucineia Nunes Eugênio Barbosa foi baleada durante uma discussão com o marido, de 48 anos.

Ela chegou a ser socorrida para o hospital da cidade, mas não resistiu. Ainda de acordo com a PM, o homem fugiu após o crime e ligou para o cunhado, irmão da vítima.

Por telefone, ele confessou o crime e pediu desculpas, dizendo que estava de "cabeça quente" no momento da briga. Os militares ligaram para o autor e o convenceram a se entregar.

O homem revelou o endereço onde estava escondido, ele se rendeu e entregou a arma utilizada no crime. Em conversa com os policiais, o homem disse que estava sendo traído.

Ele contou que seguiu a mulher e viu quando ela entrou no carro do amante.

A discussão e o tiro ocorreram quando ela chegou em casa e a confrontou sobre a traição. O homem foi preso em flagrante e encaminhado junto com a arma apreendida para a Delegacia Civil.

Veja mais notícias da região em G1 Vales de Minas Gerais.