Vander dos Santos Pinto (PR) assumiu o cargo depois da Câmara Municipal cassar o mandato de Júlio Maria de Sousa (PSDB).

O novo prefeito de Gonzaga (MG), Vander dos Santos Pinto (PR), assumiu o cargo durante sessão realizada nesta segunda-feira (10), na Câmara Municipal.

Ele foi empossado depois do ex-prefeito, Júlio Maria de Sousa (PSDB), ter o mandato cassado nessa sexta-feira (7).

A cerimônia começou no início da tarde e seguiu o protocolo do presidente da Câmara.

Depois, o prefeito fez o juramento e assinou o termo de posse.

Desde novembro de 2019, uma Comissão Processante (CP) apurava a prática de infrações político-administrativas, supostamente cometidas pelo prefeito.

Entre as irregularidades, estão pagamentos abusivos e desproporcionais, nos anos de 2017 e 2018, referentes à manutenção de dois ônibus do município. “Que somadas as quantias que foram efetivamente pagas pelo Denunciado na condição de Prefeito do Município de Gonzaga, nos anos de 2017 e 2018, na manutenção de apenas dois ônibus velhos e precários da frota municipal, um com mais de 30 anos de uso e o outro com mais de 20 anos de uso, chega-se à quantia de R$ 353.359,57 que foram destinados do orçamento da Prefeitura de Gonzaga exclusivamente para serem gastos nos veículos”, disse a denúncia. O parecer final da CP foi votado nessa sexta-feira (7).

O ex-prefeito foi cassado por sete votos a um.

O G1 tentou entrar em contato com o ex-prefeito, mas até a publicação desta reportagem ele não havia sido localizado. Veja mais notícias da região em G1 Vales de Minas Gerais.