Companhias de ônibus que operam o Terminal Rodoviário de Campinas também suspenderam as vendas de passagens para a capital.

Chuva na capital causa prejuízo para empresas e trabalhadores da região de Campinas Empresas transportadoras e de fretados da região de Campinas (SP) suspenderam nesta segunda-feira (10) as viagens para São Paulo, que ficou debaixo d'água após a chuva de domingo provocar alagamentos e deixar ruas, avenidas e as marginais Pinheiros e Tietê intransitáveis.

As companhias de ônibus que operam o Terminal Rodoviário da cidade também suspenderam as vendas de passagens para a capital.

Em uma transportadora de Americana (SP), que atende o estado de São Paulo e o Paraná, das 1,5 mil entregas programadas para esta segunda-feira (10), 800 iriam para a grande São Paulo.

Os caminhões não conseguiram sair do pátio.

Segundo o diretor geral da empresa, Artur Mendes, a transportadora terá que se desdobrar para concluir as entregas atrasadas.

"Nós vamos ter que montar uma força tarefa essa semana, entre amanhã e depois de amanhã.

Esperamos que nas próximas 48 horas a gente tenha todas as entregas feitas, todas as coletas efetuadas.

Espero que a chuva nos ajude", disse. Encomendas acumulam em empresa transportadora de Americana (SP) após alagamentos em São Paulo Márcio de Campos/EPTV Os 16 ônibus da Associação dos Fretados de Campinas São Paulo (AFRECASP) voltaram mais cedo para a garagem.

De acordo com o presidente da associação, Maurício Kauffmann, nenhum dos veículos conseguiu cumprir a rota.

"Nós fomos tentando até o máximo que a gente conseguia para chegar em São Paulo.

Conseguimos chegar até o quilômetro 16, foi aonde a Polícia Rodoviária disse para a gente retornar.

Hoje assustou bastante", contou. Empresa de fretados de Campinas (SP) não pode deixar a garagem após alagamentos na capital paulista Márcio de Campos/EPTV Viagens canceladas A chuva na capital também suspendeu a venda de passagens para São Paulo durante todo o dia na rodoviária de Campinas.

A Lirabus informou que as viagens para São Paulo foram suspensas a partir das 8h.

A empresa voltou a vender as passagens para Guarulhos e aguardar a água das vias baixar para retomar as vendas dos bilhetes para as rodoviárias da capital.

A Viação Cometa retornará a venda das passagens nesta terça-feira (11), às 4h30.

A empresa Santa Cruz também disse que voltará a vender os bilhetes nesta terça.

As companhias informaram que os passageiros podem pedir reembolso sem custo ou remarcas as passagens.

Veja mais notícias da região no G1 Campinas