Devido aos danos ocasionados pela chuva, aulas das escolas municipais foram suspensas até a próxima segunda-feira (17).

Chuva derrubou muro de imóvel em Campestre (MG) Corpo de Bombeiros A forte chuva que atinge a cidade de Campestre (MG) nesta terça-feira (11) fez com que a prefeitura decretasse estado de calamidade pública.

Até mesmo as aulas das escolas municipais foram suspensas, com previsão de retorno apenas para a próxima segunda-feira (17).

O volume da água das chuvas fez com que pelo menos três famílias fossem retiradas de imóveis, derrubou muro de prédio e interditou estrada próxima a represa.

A chuva começou no início da madrugada, por volta de 1h30.

Segundo a Defesa Civil, a água alagou ruas e atingiu 50 centímetros.

A represa conhecida como Zé Passos transbordou e levou parte da estrada de terra que dá acesso aos bairros rurais da Divisinha e Estiva.

A represa é monitorada e a estrada foi interditada nos dois sentidos.

Também teve deslizamento de terra no bairro Capituvas.

Ninguém ficou ferido. Famílias desabrigadas Pelo menos três famílias foram retiradas dos imóveis pela Defesa Civil da cidade nos bairros Trevo e Vila do Beijo.

Em uma das casas, uma mulher grávida de nove meses teve que sair do imóvel.

Mais cidades Além de Campestre, outras cidades do Sul de Minas também foram atingidas pelas chuvas durante a madrugada, o que acarretou em famílias desabrigadas, deslizamentos e diversas outras complicações.

Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas