Bairro Santa Terezinha foi um dos mais atingidos.

Nível do Rio Marambaia subiu e chegou a 1,5 metro nas casas.

Moradores saem de casas após fortes chuvas em Bandeira do Sul (MG) João Daniel Alves/EPTV Moradores de bairros de Bandeira do Sul (MG), principalmente do Santa Terezinha, foram retirados das casas e ainda fazem o levantamento dos prejuízos por conta da chuva que caiu na cidade entre a noite de segunda-feira (10) e a manhã desta terça (11).

Muitos trabalham na retirada de pertences das casas e seguiram para imóveis de parentes. "A hora que meu vizinho me chamou era por volta das 6h da manhã.

A hora que eu saí no portão, a água já estava na rua.

Muita água, foi muito rápido.

É difícil", explicou a dona de casa Silvana Aparecida. Chuva alaga ruas, deixa desabrigados e provoca deslizamentos Moradores do bairro Santa Terezinha deram apoio aos atingidos pelas chuvas, retirando móveis e pertences das casas.

"Várias pessoas vieram ajudar a gente a erguer os móveis.

Não sei o que a gente perdeu ali porque não dá tempo.

É muita coisa pra você tirar do lugar, encaixotar.

O trator está tirando, mas não sei como vai ficar". Moradores contabilizam prejuízos após chuvas em Bandeira do Sul (MG) João Daniel Alves/EPTV Segundo a prefeitura, todos os moradores foram orientados a saírem das casas.

No entanto, não há informações oficiais de desalojados ou desabrigados.

A cidade teve vários pontos de alagamento por conta da elevação do nível do Rio Marambaia.

Até o início da tarde, a água ainda não havia abaixado nas ruas do bairro Santa Terezinha e estava próxima às janelas das casas.

Antes, a água chegou a 1,5 metro nos imóveis.

Todos conseguiram deixar os imóveis sem ferimentos, mas a força da correnteza arrastou móveis, roupas e brinquedos.

Nível do Rio Marambaia subiu e atingiu casas em Bandeira do Sul (MG) João Daniel Alves/EPTV "Estou ajudando um tio meu, que a casa dele encheu tudo de água.

A água está dando na cintura.

Ele perdeu metade dos móveis, ficou tudo cheio d'água.

O povo da Bandeira está tudo unido, tudo ajudando.

O que dá pra tirar, estamos colocando tudo pra fora", explicou o lavrador João Batista. Teve quedas de barreiras na BR-146, na entrada da cidade, e em uma estrada que dá acesso ao bairro Chernoviz, um dos mais atingidos pela chuva.

Por lá, também teve queda de árvores na fiação.

Moradores recolhem pertences após chuvas em Bandeira do Sul (MG) Marcelo Rodrigues/EPTV Equipes da prefeitura trabalham desde o início da manhã na desobstrução das ruas.

Tratores deram apoio nos trabalhos.

Os móveis recuperados foram levados para o poliesportivo da cidade.

Até a publicação desta reportagem, a prefeitura não tinha terminado o levantamento do número de moradores atingidos.

A cidade tem cerca de 5 mil habitantes. Chuva atingiu ruas e casas em Bandeira do Sul (MG) João Daniel Alves/EPTV Mais cidades Além de Bandeira do Sul, outras cidades do Sul de Minas também foram atingidas pelas chuvas durante a madrugada, o que acarretou em famílias desabrigadas, deslizamentos e diversas outras complicações. Em Campestre, a prefeitura decretou calamidade pública por conta das chuvas.

As aulas de escolas municipais foram suspensas e a previsão é que só retornem na segunda-feira (17). Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas