Chuva atingiu pelo menos 130 residências e famílias tiveram que ir para casas de familiares e amigos ou abrigo.

Subiu para 400 o número de pessoas desalojadas ou desabrigadas por causa da chuva em Bandeira do Sul (MG).

Segundo o Corpo de Bombeiros, 320 pessoas estão desalojadas e foram levadas para casas de parentes e amigos e 80 estão desabrigadas e tiveram que ser levadas para o Centro Comunitário da cidade. Ainda conforme os bombeiros, três pontes foram destruídas no município e outras duas estão danificadas.

Por causa dos estragos, o município decretou situação de emergência. Em 24 horas, choveu 70 milímetros na cidade.

O Rio Marambaia transbordou e a água invadiu mais de 130 casas.

A chuva também causou deslizamentos de terra.

Algumas pessoas ficaram ilhadas na zona rural.

Sobe para 400 número de desalojados ou desabrigados em Bandeira do Sul Reprodução EPTV Chuva em Bandeira do Sul Moradores acordaram por volta de 2h de terça-feira (11) com as casas sendo invadidas pela água em Bandeira do Sul.

Muitos se ajudaram para tentar salvar o que dava.

As ruas viraram rios e a força da água levava o que encontrava pela frente.

Caixas com roupas, brinquedos, televisores.

Até um freezer foi arrastado pela correnteza.

Parte do asfalto cedeu em alguns pontos da cidade.

Deslizamentos também foram registrados. Próximo ao bairro Chernoviz, árvores caíram sobre a fiação e parte do bairro ficou debaixo d´água.

Choveu durante toda a madrugada e pela manhã.

Segundo a Defesa Civil, foram 70 milímetros de chuva. Com tanta água, o volume do Rio Marambia subiu, transbordou e invadiu dezenas de casas em vários bairros da cidade.

A água também invadiu uma creche municipal.

As aulas foram suspensas. Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas