Acusado é um dos 28 presos que saíram por um túnel do presídio de Ji-Paraná.

Rinaldo Oliveira Alves foi recapturado uma semana depois Sejus/Divulgação Um fugitivo do presídio Agenor Martins de Carvalho foi recapturado pela Polícia Militar (PM) na noite de quarta-feira (12).

Reginaldo Oliveira Alves é um dos 28 presos que participaram da fuga em massa em Ji-Paraná (RO), no último dia 5 de fevereiro.

Ao ser recapturado, o homem disse que escapou da unidade porque ainda precisa cumprir uma pena de 60 anos.

Reginaldo foi recapturado enquanto trafegava em uma moto furtada, na BR-364, entre Ouro Preto (RO) e Jaru (RO).

Policiais militares de folga estranharam a atitude do acusado em cima da motocicleta e então decidiram avisar o batalhão local. Uma viatura seguiu pela BR-364 e alcançou o homem.

Os agentes perguntaram ao condutor se ele estava fugindo ou se era procurado de alguma unidade prisional. Neste momento Reginaldo confessou ser um dos foragidos do presídio Agenor de Carvalho e disse que estava viajando de moto para Porto Velho, cidade onde planejava se esconder da Justiça.

Aos policiais, o acusado disse ainda que decidiu escapar do presídio porque tem 60 anos de pena para cumprir. Foragido estava conduzindo moto pela rodovia quando foi preso WhatsApp/Reprodução Relembre a fuga Vinte e oito detentos fugiram do Presídio Agenor Martins De Carvalho, em Ji-Paraná (RO), na madrugada de 5 de fevereiro.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), os presos escaparam por um túnel feito dentro do presídio. Até a segunda-feira (10), segundo a Secretaria de Justiça (Sejus), 20 fugitivos já tinham sido recapturados pelos policiais militares.