De acordo com a prefeitura, drenagem dos alagamentos permitiu que os moradores pudessem deixar o Centro Comunitário do Caraminguava.

Moradores retornam para casa após nível da água abaixar em bairros afetados por temporal em Peruíbe Reprodução/TV Tribuna Mais de 100 pessoas que ficaram desabrigadas em Peruíbe, no litoral de São Paulo, retornaram para suas casas na manhã desta quinta-feira (13).

De acordo com a prefeitura, a drenagem dos alagamentos permitiu que os moradores pudessem deixar o abrigo.

Cerca de 40 pessoas ainda são acolhidas no Centro Comunitário do Caraminguava. Conforme apurado pelo G1, 148 moradores de áreas afetadas pelo temporal precisaram ser acolhidos pela prefeitura desde a última segunda-feira (10).

Um dos mais atingidos pelas cheias, o bairro Caraguava ainda registra pontos de alagamento.

A prefeitura aponta que, até a manhã desta quinta-feira, 108 pessoas deixaram o centro comunitário e retornaram para suas casas com as doações distribuídas pelo Fundo Social de Solidariedade (FSS) de Peruíbe.

No abrigo, ainda permanecem quatro família acolhidas, totalizando 40 pessoas que não conseguiram retornar.

O FSS ainda recebe doações para as famílias que foram desabrigadas.

Segundo o fundo, os moradores necessitam de produtos de limpeza para quando voltarem para casa.

As doações podem ser entregues na sede do FSS, localizada na Avenida São João, 664, no Centro da cidade. Moradora mostra altura de alagamentos durante temporal em Peruíbe, SP Reprodução/TV Tribuna