Sete agremiações desfilam na passarela do samba Dráusio da Cruz nesta sexta-feira (14).

Confira a ordem dos desfiles, os trechos interditados e as rotas alternativas.

Desfiles do carnaval santista começam nesta sexta-feira (14). Divulgação/Prefeitura de Santos O Carnaval de Santos 2020 começa nesta sexta-feira (14) com o Desfile Oficial das Escolas de Samba na Passarela do Samba Dráusio da Cruz.

A noite com show do sambista Xande de Pilares e apresentações do Grupo 1 e do Grupo de Acesso.

Já no sábado (15) desfilam as agremiações do Grupo Especial.

O evento é organizado pela Liga Independente Cultural das Escolas de Samba de Santos (Licess) com apoio da Secretaria de Cultura (Secult).

Este é o quinto ano em que os desfiles das escolas ocorrem uma semana antes do carnaval, atendendo à solicitação da Liga. Você sabe tudo sobre a história do carnaval santista? Faça o quiz e teste seus conhecimentos Na primeira noite de desfiles, os portões serão abertos às 18h30 e a passarela do samba será aberta pela Corte Carnavalesca às 19h.

Mais tarde, às 20h, a escola convidada Unidos da Baixada abre o desfile com o enredo ‘Zumbi dos Palmares’.

Em seguida, às 20h40, a avenida recebe o show do cantor, compositor e sambista Xande de Pilares. Depois, desfilam sete escolas de samba.

Primeiro, são as quatro escolas do Grupo 1 nesta ordem: Bandeirantes do Saboó, Império da Vila, Imperatriz Alvinegra e a Unidos da Zona Noroeste.

A Sangue Jovem abre os desfiles das escolas do Grupo de Acesso, seguida pela Padre Paulo e Brasil. Sambódromo na Zona Noroeste de Santos, SP Guilherme Lucio da Rocha / G1 Grupo 1 A escola Bandeirantes do Saboó é a primeira a se apresentar no carnaval santista deste ano.

Passando por diversas culturas através da dança, agremiação apresenta o samba-enredo 'A Origem da Dança, uma Viagem no Tempo'.

Na sequência, a escola de samba Império da Vila homenageia o orixá da caça com o enredo 'Oxossy, o Rei da Cidade de Keto'. Já a Imperatriz Alvinegra apresenta o enredo 'Ganhei Mas Não Levei' e, encerrando o Grupo 1, a Unidos da Zona Noroeste desfila sob o tema ‘Hoje o Galo Canta, É a Voz da Favela’, falando sobre a vida e a esperança dos moradores das comunidades santistas. Grupo de Acesso Depois do Grupo 1, desfilam as escolas do Grupo de Acesso.

A Sangue Jovem abre o grupo com o enredo 'Vale A Pena A Sangue Cantar De Novo', buscando o retorno ao Grupo Especial para o próximo carnaval santista.

A agremiação Padre Paulo apresenta aos foliões o enredo ‘De Sete em Sete, Ainda Acabo Neste Sete’ e, encerrando a noite de desfiles, a Brasil traz ‘Sem Cartas Marcadas...

Na passarela a Campeoníssima Chegou’. Interdições no trânsito Os dois dias de desfile do Carnaval de Santos contarão com um esquema especial de trânsito nos arredores do sambódromo.

Confira a tabela: Confira os desvios que serão realizados pela CET-Santos durante os desfiles do Carnaval 2020 Linha do Samba Quem for se deslocar para Passarela do Samba Dráusio da Cruz poderá aproveitar a Linha do Samba, que fará a ligação do Terminal do Valongo até as proximidades do sambódromo e funcionará nas duas noites de desfiles, das 19h às 6h.

As partidas serão a cada 30 minutos e o valor da tarifa é R$ 4,65. O itinerário de ida será: plataforma C do terminal do Valongo, rua Visconde de Embaré, r.

Alexandre Rodrigues, r.

Visconde de São Leopoldo, Praça Lions Club, av.

Martins Fontes, Largo da Saudade (Saboó), av.

Martins Fontes, rua Escritor Mário de Andrade, rua Monsenhor João Martins Ladeira, rua Afonsina Proost de Souza, av.

Nossa Senhora de Fátima, praça Júlio Dantas, av.

Francisco Ferreira Canto, av.

Eleanor Roosevelt. No retorno, o ônibus passará pela praça Estado de Israel, av.

Francisco da Costa Pires, av.

Eleanor Roosevelt, av.

Francisco Ferreira Canto, av.

Nossa Senhora de Fátima, rua Itanhaém, rua São Sebastião, av.

Martins Fontes, Largo da Saudade, av.

Martins Fontes, av.

Getúlio Vargas, praça Manoel de Almeida, av.

Getúlio Vargas e terminal do Valongo.