Projeto 'Mãos na Massa' vai atender adolescentes que cumprem medidas no centro socioeducativo de Feijó.

Panificadora deve ser montada dentro de centro socioeducativo de Feijó, no interior do Acre Aline Nascimento/G1 Uma parceria entre o Ministério Público do Acre (MP-AC), serviços Social da Indústria do Acre (Sesi-AC) e Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-AC) deve resultar na instalação de uma panificadora escolar dentro do centro socioeducativo de Feijó, interior do Acre.

O projeto 'Mãos na Massa' quer oferecer cursos na produção de pizzas, salgados, pães e bolos.

Porém, ainda não há data para que o espaço comece a funcionar.

“Ainda estamos em um processo de implantação, vamos capacitar dois servidores, que vai ser em Rio Branco, e começa na semana que vem”, explicou o diretor-presidente do Instituto Socioeducativo do Acre (ISE), Rogério Silva.

O diretor acrescentou que as máquinas da panificadora já estão no centro socioeducativo da cidade.

Após a capacitação na capital acreana, os servidores vão trabalhar como monitores na unidade.

“O Senac vai entrar com a parte de acompanhamento e a certificação, que é órgão responsável, em parceria com o Ministério Público.

São duas fases de capacitação, vamos esperar o sinal positivo do Senac para a outra fase e na sequência iniciamos os cursos”, garantiu.

Silva ressaltou que o projeto é parte das ações para ajudar na ressocialização dos adolescentes que cumpre medida socioeducativa.

“É para que eles também possam trabalhar no centro a parte prática.

Também queremos implementar o curso de empreendedorismo para que eles saem com visão e montarem o próprio negócio”, concluiu.