Segundo a PM, três homens entraram armados no comércio e dois ficaram do lado de fora.

A PM ainda apreendeu um revólver, munições e um carro.

Parte dos materiais recuperados pela PM Polícia Militar / Divulgação A Polícia Militar prendeu três homens por assalto a uma mercearia na zona rural de Miravânia, Norte de Minas Gerais.

Um deles era considerado foragido da Justiça e tentou fornecer um nome falso ao ser abordado.

Foram apreendidos um revólver, munições e um carro.

Uma moto, sete celulares e joias foram recuperados.

“Três autores entraram no estabelecimento usando capacetes e armados com um revólver.

Outros dois permaneceram em um carro do lado de fora dando cobertura.

Eles renderam as vítimas e ordenaram que todas ficassem deitadas e subtraíram dinheiro, joias, celulares e mercadorias.

Em seguida, fugiram no automóvel e em uma moto roubada”, explica o tenente Bruno Braga Matos.

Algumas pessoas que suspeitaram da movimentação no estabelecimento ligaram para o 190.

Policiais de Miravânia, São João das Missões, Montalvânia e Manga foram acionados e fizeram cerco em várias estradas vicinais que cortam a região.

Uma moto também foi recuperada Polícia Militar / Divulgação “Os militares de Miravânia conseguiram fazer a abordagem do carro, que dava apoio, e os de São João das Missões interceptaram o foragido da Justiça, que estava na moto e tentou fugir.

Com ele, foram encontradas joias, um revólver com numeração suprimida e munições”, completa o tenente.

O foragido é natural de Janaúba (MG) e foi abordado na Comunidade de Pajeú.

Ele tem várias passagens pela polícia por roubo, homicídio e porte ilegal de armas.

“Ao ser questionado, ainda tentou fornecer um nome falso, mas conseguimos identificá-lo com a ajuda do Serviço de Inteligência”, fala Bruno Braga Matos.

No automóvel havia dois dos suspeitos.

Outros dois conseguiram fugir por um matagal.

A PM ainda faz buscas para localizá-los.

O dinheiro roubado não foi encontrado.

Parte dos policiais envolvidos na ocorrência Polícia Militar / Divulgação Veja mais notícias da região em G1 Grande Minas.