O papa Francisco, líder máximo da Igreja Católica, recebeu no Vaticano a visita do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado por corrupção e lavagem de dinheiro e que ainda responde a outros crimes.

“Agradeço pelo gesto de sua vinda, muito obrigado.

Fico feliz em vê-lo andando pela rua”, disse o pontífice católico ao recepcionar o petista em Roma, na Itália.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADELula conseguiu na Justiça autorização para viajar, além do adiamento de uma audiência pela Operação Zelotes, convocada para que ele prestasse esclarecimentos.

O vídeo da breve conversa entre o papa e o ex-presidente foi compartilhado na conta oficial de Lula, mostrando a cordialidade do líder católico, que ignorou os crimes cometidos pelo petista e a oportunidade de aconselhá-lo ao arrependimento.

“Estou contente de te ver caminhando pela rua.

”Vídeo: Ricardo Stuckert pic.

twitter.

com/CrFFkFJxOn— Lula (@LulaOficial) February 15, 2020Lula foi até lá para tentar construir para o líder religioso uma narrativa de que tem sofrido injustiça e perseguição política, apesar do amplo material condenatório que aponta os crimes que cometeu.