Sédrick Leandro Souto Rocha participava de uma corrida dos bombeiros em Montes Claros, nesse domingo (16).

Laudo do Instituto Médico Legal deve ficar pronto em 10 dias, mas a família diz que foi informada que a causa da morte foi traumatismo craniano.

Sédrick gostava de postar fotos nas redes sociais com os percursos das corridas que fazia diariamente Reprodução/ Redes sociais O corpo do dentista, que morreu após cair durante uma corrida, em Montes Claros, está sendo velado na manhã desta segunda-feira (17).

A causa da morte está sendo investigada e a Polícia Civil esclareceu que o laudo do Instituto Médico Legal deve ficar pronto em 10 dias.

Por telefone, uma tia da vítima disse ao G1 que a família foi informada que Sédrick Leandro Souto Rocha sofreu traumatismo craniano após cair e bater a cabeça no chão. “Ele era muito saudável e não tinha nenhum problema de saúde.

Nós conversamos com o médico que fez o laudo no IML e ele nos explicou que a causa da morte foi traumatismo craniano”, disse Zuma Nunes.

Homem morre após cair durante corrida rústica dos bombeiros em Montes Claros A tia conta que o sobrinho gostava muito de correr e tinha o hábito de praticar a atividade física diariamente. “Ele corria por prazer e fazia isso todas as manhãs, era o esporte preferido.

Nós não sabíamos que ele estava participando desta corrida e a notícia caiu como se fosse uma bomba.

A ficha ainda não caiu e parece que estamos no velório de um desconhecido”, desabafa.

Sédrick Leandro Souto Rocha se formou em odontologia em 2011 e trabalhava como cirurgião-dentista na Prefeitura de Janaúba.

O município divulgou uma nota de pesar nas redes sociais e disse que a UBS Milton Borém, onde ele atendia, estará fechada nesta segunda-feira (17).

O horário do enterro ainda não foi divulgado pela família.

Entenda o caso O dentista de 31 anos participava da 4ª Corrida Rústica do Sétimo Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar em Montes Claros, nesse domingo (16), e caiu já nos metros finais da prova e bateu a cabeça no chão.

“Foi prestado atendimento médico imediato pelo Corpo de Bombeiros Militar com equipe exclusiva para o evento.

Após o atendimento, o atleta foi conduzido consciente por uma Unidade de Resgate ao Hospital Santa Casa de Montes Claros, onde submeteu-se a uma tomografia, que não constatou lesão”, diz a nota divulgada pelo Corpo de Bombeiros nesse domingo. A assessoria da Santa Casa disse que o óbito foi confirmado às 11h.

Veja mais notícias da região no G1 Grande Minas.