Segundo a Polícia Militar, dois suspeitos quebraram o vidro da escola e roubaram quatro notebooks e dois celulares.

O terceiro autor preso teria comprado parte do material.

Três jovens são presos em Governador Valadares após roubo de notebooks e aparelhos celulares Polícia Militar/Divulgação Três jovens de 22, 24 e 30 anos foram presos na manhã desta segunda-feira (17), em Governador Valadares.

De acordo com a Polícia Militar (PM), os autores quebraram o vidro da janela de uma escola e furtaram quatro notebooks e dois celulares.

Ainda segundo a PM, os dois suspeitos, de 22 e 30 anos, foram monitorados pelo sistema de 'Olho Vivo' em atitude suspeita em uma praça da cidade.

Durante a abordagem, um dos jovens carregava um notebook na mochila e disse que o equipamento pertencia à mãe dele.

Ao ligar o computador, os militares perceberam que o nome e a foto que apareciam na tela de bloqueio não condizia com o que foi falado pelo suspeito.

Na mochila também foi encontrado um aparelho celular que tinha o logotipo da escola. De acordo com a polícia, o jovem confessou o crime e disse que parte do material foi vendida para um amigo.

A PM foi até à casa do possível receptador, de 24 anos, que negou ter adquirido os equipamentos eletrônicos, mas afirmou que pagou R$ 200 por um notebook e uma televisão de 24 polegadas, ambos roubados anteriormente pela dupla. No local também foi encontrado um outro notebook que teria sido furtado de uma clínica de fisioterapia no início de fevereiro.

O suspeito disse que comprou o computador de uma outra pessoa. Um quarto notebook foi encontrado no quintal de uma casa, aparentemente abandonada.

Ele também pertencia à escola.

Os dois suspeitos informaram que havia vendido o equipamento, mas apenas indicaram o local e não informaram quem teria comprado. Os autores foram conduzidos à Delegacia de Governador Valadares, junto com o material apreendido. Veja mais notícias da região em G1 Vales de Minas Gerais.