Há 72.460 pessoas infectadas pelo vírus no país; 7.862 pessoas já receberam alta.

O número de mortos na China por Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, chegou a 1.885 nesta segunda-feira (17), informaram autoridades de saúde locais.

O total de casos confirmados no país ficou em 72.460.

Estes números incluem o balanço do dia da Organização Mundial da Saúde (OMS) mais a atualização da província de Hubei. China usa plasma sanguíneo de pessoas que se recuperaram do coronavírus em pacientes internados Casos de coronavírus pelo mundo – Atualizado em 17/02 às 10h30 Arte G1 Somente na província de Hubei, epicentro do coronavírus na China, foram registradas mais 93 mortes e 1.807 casos confirmados da doença entre este domingo (16) e segunda-feira (17). Na região, são 59.989 pacientes com o vírus e 1.789 mortes desde o início do surto.

7.862 pacientes receberam alta do hospital.

41.957 pessoas estão em tratamento hospitalar e outras 69.270 estão sob observação médica.

Os números de novos casos na região vem caindo há 5 dias.

Os dados apresentados pela OMS, na manhã desta segunda-feira, ainda não tem os número atualizados dos novos casos apresentados pela província chinesa.

Coronavírus foi detectado em Wuhan pela primeira vez em dezembro; a cerca de 1,2 mil km de Pequim, a cidade é a capital da província de Hubei G1 Situação no Brasil No Brasil, há três pessoas que ainda passam por exames por causa da suspeita de coronavírus, dois em São Paulo e um no Rio Grande do Sul, segundo informações, desta segunda-feira (17), do Ministério da Saúde. Até agora, houve 45 suspeitas de casos do vírus que foram descartadas depois das análises.

Não há nenhum paciente com a doença no país. Destaques sobre o coronavírus desta segunda-feira (17): Outras 99 pessoas no navio de cruzeiro Diamond Princess, que está em quarentena há mais de 10 dias no Japão, testaram positivo para o novo coronavírus – levando o número de infectados a bordo a 454. 14 dos 300 americanos que foram retirados do navio estão infectados com o vírus, anunciou o Departamento de Estado americano.

De acordo com as autoridades dos EUA, eles haviam sido testados há dois ou três dias e não tinham apresentado sintomas; todos serão mantidos em quarentena assim que chegarem a uma base na Califórnia nesta segunda (17).

No domingo (16), outra autoridade americana havia afirmado que ao menos 40 americanos tinham sido infectados pelo vírus. Uma mulher russa a bordo do Diamond Princess foi diagnosticada com a doença – a primeira cidadã do país. Na China, o diretor de um hospital em Wuhan morreu.

A morte dele foi a primeira de um diretor de hospital por causa da doença, segundo o jornal estatal chinês "People's Daily". China usa plasma sanguíneo de pessoas que se recuperaram do coronavírus em pacientes internados Vídeos: Coronavírus: após contágio, autoridades buscam passageiros liberados em cruzeiro Novo coronavírus: brasileiros em quarentena passam por novos exames Epidemia do novo coronavírus ameaça levar economia do Japão à recessão