Baixa procura pela imunização nos postos de saúde preocupa profissionais da área.

Meta é vacinar mais de 13 mil pessoas até dia 13 de março.

Dose de vacina contra sarampo Allan Carvalho/PMF Cerca de 2,5 mil pessoas foram vacinadas contra o sarampo até a manhã desta quarta-feira (19) em Guajará-Mirim (RO), município distante cerca de 330 quilômetros de Porto Velho.

O número, considerado baixo, representa pouco mais de 18% do público-alvo da campanha de vacinação. Segundo o Núcleo de Vigilância Epidemiológia e Ambiental (Nuvepa), apesar da cidade não apresentar nenhum registro da doença nos últimos anos, a meta é vacinar pouco mais de 13,5 mil pessoas.

A campanha de vacinação está sendo realizada em Guajará-Mirim desde o dia 6 de fevereiro e tem como público-alvo crianças e adolescentes de 5 a 19 anos.

O "Dia D" foi realizado no último sábado (15), mas a procura pela imunização continuou baixa.

“A doença vem se manifestando muito rápido em outras regiões do Brasil, por isso precisamos nos prevenir, e continuar sem casos em Guajará-Mirim”, alerta a responsável pelo setor de imunização do Nuvepa, Keila Sicsú.

A vacina, que previne também contra a caxumba e a rubéola, continua disponível até o dia 13 de março nos quatro postos de saúde da cidade: Sandoval Meira, Carlos Chagas, Irmã Maria Agostinho e Delta Oliveira.

Após a data, a imunização será oferecida à população em geral.

Confira os endereços das unidades de saúde no município: Centro de saúde Sandoval Meira - Av.

José Bonifácio, 571, Setor 02 Centro de saúde Carlos Chagas - Av.

12 de Julho, 1423, Tamandaré Centro de saúde Irmã Maria Agostinho - Rua Aluizio Ferreira, 470, 10 de Abril Centro de saúde Delta Oliveira - Av.

08 de Dezembro, 6020-6140, Setor 07