Acordo firmado com Associação dos Surdos previa que Cine Milani exibisse filmes legendados todas as terças-feiras, às 19h.

A Associação dos Surdos e Familiares de Ji-Paraná (RO) denunciou na manhã desta quarta-feira (19) que o Cine Milani descumpriu o acordo firmado junto ao Ministério Público Federal (MPF) em exibir filmes legendados todas as terças-feiras, às 19h. A advogada Estefânia Marinho, que compõe a Comissão de Defesa do Portador de Deficiência da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RO) e é voluntária da associação de surdos, disse que ao chegar ao Cine Milani, para adquirir os ingressos da sessão legendada, um funcionário do estabelecimento comunicou que não havia filmes com legendas para serem exibidos. A advogada então alegou que no site do cinema e nas televisões do local constavam horários de duas sessões legendadas na terça-feira (18).

Após isso, os funcionários alteraram a programação exposta, segundo a advogada.

Ainda de acordo com Estefânia, o dono do estabelecimento primeiramente informou que as sessões não seriam exibidas por falta de público.

"Logo depois, ele propôs que, se eu tivesse interesse em esperar, encontraria uma forma para exibir uma sessão às 21h15 do filme "Aves de Rapina"".

Na mesma noite, Ronaldo Veloso, presidente da Associação de Surdos e Familiares de Ji-Paraná, comprou o ingresso para o longa "Sonic", às 19h15, e estava esperando pela exibição dentro da sala.

Ele se retirou do local devido adiamento da sessão.

O MPF informou que não irá se pronunciar sobre o caso no momento, pois o assunto ainda está em apuração.

O que diz o cinema? O proprietário do Cinema Milani, Sérgio Luiz Milani informou ao G1 que houve um erro no código de exibição do filme legendado às 19h, por isso o horário da sessão legendada foi passado para às 21h15. "Só mudou o horário, mas estava lá a sessão legendada.

Mas eu confesso que errei, deveria ter cumprido o acordo", disse o proprietário.

O Cine Milani também informou que cerca de 90% do público prefere assistir filmes dublados na sessão das 19h, mas aceitou cumprir o acordo.

O acordo Comunidade em protesto para ter direito a filme com legendas Facebook/Reprodução Após quatro meses de manifestações públicas, a Associação de Surdos participou de uma reunião com o MPF e, no encontro, ficou acordado que o Cine Milani passará a exibir filmes com legendas todas as terças-feiras, às 19h. A luta por acessibilidade vinha desde outubro de 2019, quando a comunidade realizou uma manifestação nos dois cinemas da cidade.

Diante dos protestos, o Cine Laser voltou a apresentar filmes legendados na cidade. Já o Cine Milani não exibia longas com legendas há mais de seis meses e, mesmo com as manifestações realizadas desde outubro, a empresa não acatou ao pedido da comunidade. Por causa da negativa do cinema, a associação recorreu ao MPF para que o estabelecimento cumprisse com a Lei de Acessibilidade nº 10.098, prevista na Constituição Federal. *Estagiária do G1 Rondônia sob supervisão de Ana Kézia Gomes.