Crime ocorreu em 2019 e acusado foi condenado após ele e testemunhas serem ouvidos na audiência.

Leonardo Rodrigues de Andrade, de 23 anos, foi condenado a oito anos de prisão pelo assassinato de um homem de 29 anos, ocorrido em maio de 2019.

A condenação em júri popular que ocorreu nesta quarta-feira (19) em Poços de Caldas (MG).

Leonardo Rodrigues de Andrade havia sido indiciado por homicídio qualificado, pela morte de Renato Margarida Bezerra.

O júri começou no início da manhã e terminou esta tarde, após depoimentos do réu e de testemunhas. Acusado responde por homicídio qualificado em Poços de Caldas (MG) Reprodução/EPTV Crime Renato Margarida Bezerra foi morto a tiros no dia 14 de maio de 2019 entre os bairros Vila Matilde e São Sebastião, na Zona Sul de Poços de Caldas.

Ele estava a caminho do trabalho, foi atingido nas costas e morreu ainda no local. O acusado se apresentou à polícia três dias depois e confessou o crime.

Segundo a Polícia Civil, na época ele disse que foi espancado pela vítima ao tentar separar uma briga entre ela e um amigo dele dois dias antes do assassinato.

Ele ainda teria sido ameaçado de morte. Ele já estava preso no presídio de Poços de Caldas desde a época. Homem de 29 anos foi morto a tiros em Poços de Caldas em maio de 2019 Reprodução EPTV Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas