José Aparecido Barissa, de 63 anos, compareceu à delegacia na companhia do advogado e foi encaminhado para a cadeia.

Emilia de Oliveira foi morta na última sexta.

Crime ocorreu na Rua Manoel Bandeira, no Jardim Amanda 2, em Hortolândia Marcio Silveira/ EPTV José Aparecido Barissa, de 63 anos, se entregou à Polícia Civil de Hortolândia (SP) nesta quarta-feira (19).

Ele é suspeito de matar a mulher a golpes de faca após uma discussão entre o casal.

O crime ocorreu na noite da última sexta-feira (14) e, desde então, o marido da vítima estava foragido. De acordo com o delegado Diego Bini, o suspeito se apresentou na companhia do advogado, e foi encaminhado para a cadeia pública de Santa Bárbara d'Oeste, uma vez que havia mandado de prisão temporária contra ele.

O caso que terminou com a morte de Emilia de Oliveira, de 52 anos, foi registrado como feminicídio.

De acordo com a Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, gritos da briga do casal chamaram a atenção dos vizinhos.

Depois disso, o marido da vítima teria saído de casa andando pela rua, normalmente.

Após o episódio, uma vizinha teria ido à casa oferecer ajuda e viu o corpo da mulher caído na área de entrada, com várias perfurações. "Eu escutei os gritos da minha vizinha, né? Ela pedindo pro marido não fizesse o que ele tava fazendo.

E, no momento, eu achei que era só mais uma briga de casal, que eles tavam tendo", relatou Marcelo de Oliveira, vizinho do casal. O G1 não conseguiu localizar o defensor do suspeito para comentar a prisão. Veja mais notícias da região no G1 Campinas