Homem suspeito de atirar em investigador da Polícia Civil e manter família em cárcere privado durante operação é morto em troca de tiros na zona rural de Rondon do Pará.

Homem suspeito de atirar em investigador da Polícia Civil durante operação é morto em troca de tiros, nesta sexta-feira (21), na zona rural de Rondon do Pará, no sudeste do estado.

Ele foi localizado em uma fazenda da região e quando percebeu a chegada dos policiais fugiu para uma região de matagal, de onde começou a disparar, de acordo com informações da PC. O suspeito, identificado como Cláudio da Silva Dias, era procurado por após ter atingido um investigador com tiros durante uma operação que resgatou uma família mantida em cárcere privado, no mês de janeiro.

Cláudio também era apontado por deixar uma mulher e cinco filhos presos e privados de alimentação.

De acordo com a Polícia Civil, Cláudio estava foragido do sistema penitenciário do Pará.