Segunda fase da Operação Sinapse foi deflagrada nesta sexta-feira (21).

Ao todo foram sete mandados de prisão e nove de busca e apreensão.

Segunda fase da Operação Sinapse foi deflagrada nesta sexta-feira (21) em Rio Branco Divulgação/Polícia Civil A Polícia Civil do Acre cumpriu 14 mandados de prisão e de busca e apreensão em dois bairros de Rio Branco e também no Complexo Penitenciário da capital acreana, nesta sexta-feira (21), na etapa da Operação Sinapse. O objetivo é desarticular organizações criminosas de origem do Rio de Janeiro (RJ), que vêm agindo em todo o estado.

Dos mandados cumpridos, sete foram de prisão e outros nove de busca e apreensão. Cinco mandados de prisão foram cumpridos dentro do presídio de Rio Branco, um no bairro Cidade do Povo e outro no bairro São Francisco.

Computadores, celulares e outros materiais foram apreendidos durante a ação.

Conforme a polícia, no bairro Cidade do Povo, os investigadores prenderam um homem que seria o chefe de uma organização criminosa que atua no local e que estava sendo procurado pela polícia por envolvimento em vários crimes.

Já no presídio, um dos mandados cumpridos foi contra um dos supostos chefes do grupo criminoso que estava prestes a receber benefício de progressão de regime. Na primeira fase da operação, no último dia 21 de janeiro, a polícia cumpriu 125 mandados de prisão e de busca e apreensão.

Na ação, 43 pessoas foram presas em cinco cidades acreanas e no estado de Mato Grosso.