Eduardo Macedo bateu a moto em uma árvore na madrugada de domingo (23), na Via Chico Mendes, na capital acreana.

Eduardo Macedo não resistiu aos ferimentos e teve morte confirmada nesta quarta-feira (26) Arquivo da família O jovem Eduardo Souza de Macedo, de 21 anos, morreu nesta quarta-feira (26) após três dias internado no Pronto-Socorro de Rio Branco.

Macedo sofreu um acidente de motocicleta na madrugada de domingo (23) na Via Chico Mendes, na capital acreana. A adolescente Dani Vitória Alves Constancio, de 16 anos, que estava com o rapaz, foi arremessada e morreu após bater a cabeça no meio-fio.

Já Macedo foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o hospital. O rapaz teve a morte cerebral confirmada na segunda-feira (24) por familiares em entrevista à Rede Amazônica Acre.

Porém, a família afirmou que não tinha autorizado desligar os aparelhos que mantinha a vítima viva. Ao G1, nesta quarta, o diretor do PS, Areski Peniche, disse que o quadro clínico do rapaz piorou e ele morreu durante a manhã. “Faleceu pela manhã.

O corpo foi levado para o IML pela equipe.

O protocolo de morte encefálica tinha se iniciado com as avaliações para se criar constatações.

Só que, hoje pela manhã, ele não resistiu e morreu.

Não teve negócio de desligar aparelhos, ele que não resistiu”, reafirmou. Dani Vitória Alves morreu no local do acidente, na madrugada de domingo (23) Arquivo da família Acidente Ainda em entrevista à Rede Amazônica, a ex-companheira do jovem, Sayonara Honorato, contou que ele e a adolescente estavam em uma bebedeira com amigos em uma conveniência e resolveram ir para o estacionamento da arena de moto, quando aconteceu o acidente. "Eles estavam em um momento de bebedeira com amigos, aí saiu brincando na moto e por lá perdeu o controle e logo bateu na árvore e a menina voou para mais longe”, disse Sayonara.