O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês) afirmou nesta quarta-feira (26) o que pode ser o primeiro caso de transmissão do novo coronavírus dentro do país.

Isso porque, segundo as autoridades locais, o paciente não esteve fora do território norte-americano. Momentos antes do anúncio, o presidente Donald Trump havia afirmado que o risco representado pelo novo coronavírus aos norte-americanos era "muito baixo".

Até então, havia confirmação do Covid-19 — nome dado à doença — em 15 pacientes nos EUA. No entanto, o secretário de Saúde norte-americano, Alex Azar, fez um alerta: "O grau de risco tem potencial para mudar rapidamente.

E devemos esperar ainda mais casos nos Estados Unidos", afirmou Azar. Reportagem em atualização